Team Sky suspendeu o ciclista Gianni Moscon pelos insultos racistas contra Kevin Reza

O Team Sky anunciou hoje que suspendeu o ciclista italiano Gianni Moscon pelos insultos racistas contra Kevin Reza (FDJ). A confusão aconteceu durante o Tour de Romandie 2017.

A suspensão é de seis semanas e o atleta fará um curso de conscientização da diversidade, de acordo com declaração no site da equipe.

“Gianni reconheceu sua má conduta; ele pediu desculpas a Reza depois da etapa no Tour de Romandie e, para a equipe na manhã seguinte e as desculpas foram aceitas”, comentou o Team Sky. Se esse comportamento repetir, pode causar a rescisão do contrato.

Essa não foi a primeira vez que um atleta é punido por causa de insultos racistas e nem a primeira vez que Reza é o alvo. No Tour de France de 2014, Reza acusou Michael Albasini (Orica) por injúrias racistas em uma das etapas. A equipe Orica não tomou medidas mais firmes, apenas escreveu na internet que foi um mal entendido.

Em 2015, Branislau Samoilau foi acusado de racismo contra Natnael Berhane, da MTN-Qhubeka, e multado com um mês de salário da equipe CCC Polsat, que doou o valor para a instituição de caridade de Qhubeka.

A UCI investigará o caso paralelamente.