Maratona Internacional Chaoyang Estrada Real em Mariana-MG dias 16 e 17 de junho

Após mais de dois anos da tragédia na cidade de Mariana (MG), a “Terra” do ciclismo de montanha retoma sua fama com a realização 2ª etapa da Maratona Internacional Estrada Real, que acontecerá nos dias 16 e 17 de junho.

A segunda etapa da Maratona Internacional Chaoyang Estrada Real é aguardada com ansiedade por atletas e público, já que o evento esportivo em Mariana (MG) promete fortes emoções na “Terra do Mountain Bike”, tradicional cenário do esporte nacional de natureza exuberante que foi ofuscada após a tragédia com o rompimento da barragem de Fundão em 2015. No entanto, assim como ocorreu na etapa em Ouro Branco (MG), a Maratona Internacional Chaoyang Estrada Real  devolve o brilho que a cidade merece, levando uma estrutura completa, com direito a transmissão ao vivo da competição, com telão de LED no local e via internet, além de um desafio inédito com a elite do esporte no centro da cidade.

A expectativa é reunir 1200 atletas para a largada em um dos espaços mais belos do Brasil, a Praça Minas Gerais. O local ocupa um dos terrenos mais elevados do município de Mariana, rodeado por um conjunto arquitetônico histórico e montanhas ao fundo, cenário inspirador para o início do desafio de MTB XCM.

Desafio Carlos Tadeu de Paula Monteiro

Antes de desbravar as montanhas, a organização preparou um espetáculo para homenagear uma figura importante da história do MTB nacional e contagiar o público. O Desafio Carlos Tadeu vai literalmente agitar o centro de Mariana no sábado (16) no quarteirão histórico da cidade. O circuito urbano de 900 metros promete disputas eletrizantes. O evento é destinado somente aos vinte melhores atletas, sendo quinze deles classificados de acordo com a posição no ranking UCI, dois atletas locais da cidade de Mariana e três atletas convidados pela organização. O Desafio Carlos Tadeu de Paula Monteiro será disputada no Masculino e Feminino no formato critérium, ou seja, a cada volta o último atleta no pelotão será eliminado, sendo 12 voltas no total. Ao fim da disputa, somente os 10 melhores atletas disputam o título da final.

“Serão oito câmeras distribuídas no trajeto, além das imagens do helicóptero, desta forma faremos uma cobertura inédita no MTB nacional, proporcionando um verdadeiro show de imagens no Desafio Carlos Tadeu. O Tadeu foi um cara ímpar em nosso esporte, que contribuiu muito para chegar onde estamos, o mínimo que podemos fazer é ter uma prova em seu nome todos os anos para deixar seu legado vivo,” – explica Felipe Avelar, que foi inspirado por Tadeu em sua loja Import Bike, em Conselheiro Lafaiete (MG).

A largada na Praça Minas Gerais, que fez parte da rota do ouro na época do descobrimento do país, já que o local era a administração econômica dessa atividade e lugar estratégico da Coroa Portuguesa, é o ponto de partida ideal para desbravar os arredores do município com dois percursos de MTB com 48 e 67 quilômetros.

“A princípio havíamos preparado um percurso com 100 e 50km, para profissionais e amadores, respectivamente, mas deixou os percursos foram redesenhados para garantir a transmissão da TV com extrema qualidade. Mas não se enganem, pois os percursos são super desafiadores” – alerta Avelar. O percurso completo de 67km tem 2.390m de altimetria acumulada (subidas!) e o trajeto reduzido (48km) tem 1.590m de desnível altimétrico desafiador.

A transmissão ao vivo é realizado pela TV ALTEROSA/SBT, juntamente com a Avelar Sports, organizadora do evento, que promete novamente fazer história na América do Sul. Toda parte logística de internet necessária para a transmissão é feita pela Conecta.

“Vamos usar diversos pontos com internet 3G ao longo do percurso para garantir a melhor qualidade de imagens possível” – destaca Felipe.

Legado esportivo

Em apenas duas edições, a Maratona Internacional Chaoyang Estrada Real de Mountain Bike já consolida-se no cenário esportivo do alto rendimento. Um diferencial do evento é a grande estrutura montada com opções de lojas de bicicletas, praça de alimentação, área para crianças e o famoso Suporte Neutro da Shimano, um serviço de assistência mecânica gratuito para todos os atletas.

Para o evento em Mariana, a organização vai oferecer um painel de Led em área coberta com cadeiras para que as pessoas possam acompanhar a corrida in loco e sentir um pouco da emoção dos competidores. “Não fazemos apenas corridas, nosso negócio é desenvolver o esporte. Já são mais de 850 atletas inscritos para etapa de Mariana” revela Felipe, que segue firme em seu propósito com total profissionalismo.

A temporada 2018 da Maratona Internacional Estrada Real encerra-se com a terceira etapa em Itabirito (MG), no tradicional circuito do Cristo nos dias 01 e 02 de setembro.