Nova Specialized Stumpjumper, uma bike totalmente nova com muitos detalhes

Nova Specialized Stumpjumper, uma bike totalmente nova com muitos detalhes

Uma nova bike e totalmente reformulada! Essa é a nova Specialized Stumpjumper, uma bike que comporta descidas extremas e sem deixar o rendimento cair nas subidas, te levando mais rápido ao topo com uma pedalada leve e fluida.

A nova Specialized Stumpjumper foi apresentada para um grupo seleto da mídia mundial e eu (Rafael) estava lá, convidado pela Specialized para conhecer e curtir a nova linha da Stump. Tudo foi mostrado, desde os tubos usados, primeiros moldes em PVC, fotos do início do desenvolvimento e todo mundo que participou do nascimento dessa nova bike estava lá!

Specialized Stumpjumper 2019

Partes das peças usadas no desenvolvimento da Stumpjumper 2019

RIGIDEZ DA DA NOVA STUMPJUMPER

A ideia foi mostrar que a versão anterior da Stumpjumper já era boa, mas que ainda podia ficar melhor, com isso foi desenvolvido um teste de rigidez próprio e específico para essa nova MTB, que observa exatamente a conexão entre as mãos e os pés de um ciclista. Isso porque cada ponto recebe sinais diferentes e isso deixa o cérebro do ciclista confuso. Para que isso não acontecesse e a rigidez fosse um ponto crucial nessa bike, foram realizados vários testes de campo para ajustar a rigidez da extremidade dianteira.

O quadro foi totalmente modificado em relação a versão anterior, ou seja, foi criado um praticamente o zero. Uma das grandes sacadas desse novo quadro é o design que envolve a região do shock, onde o desenvolvimento se baseou em criar uma bike rígida e que tivesse um alto rendimento.

Specialized Stumpjumper 2019

Detalhe do design diferenciado do quadro (somente um lado)

O design da lateral liga diretamente todos os três pontos de conexão, dois deles citados acima, mais o set tube. Isso cria um aumento significativo tanto na rigidez quanto no desempenho em relação aos impactos e segurança no transpor de obstáculos.

LEVEZA E DESEMPENHO

Os quadros foram minimizados significativamente no peso, sendo 140g menos para o tamanho M e L nos quadros de carbono e para a versão alumínio os quadros são 559g mais leves que o antigo, para o tamanho M.

“O frame flex foi minimizado quando a suspensão traseira está ativa. Em muitos testes realizados em CAD, fomos capazes de colocar a nova forma 3D contra a última versão da Stumpjumper, e com a FEA – Finite Element Analysis (A análise de elementos finitos (FEA) é a modelagem de produtos e sistemas em um ambiente virtual, com o objetivo de encontrar e resolver problemas estruturais ou de desempenho potenciais (ou existentes).) pudemos provar que o novo layout foi 20% mais eficiente. No final de tudo isso, acabamos com um dos quadros de trilhas mais leves do mercado”.
Specialized Stumpjumper 2019
Com mais de duas décadas de experiência com a FSR, aprimoramos nosso design comprovado. Nós amamos isso, porque o sistema FSR nos permite ajustar cada parte da suspensão com o mínimo de comprometimento. Afinal, a suspensão da bicicleta é um casamento entre a cinemática do quadro e o shock.

E tendo em conta que temos a nossa própria equipe de suspensão, pedimos que trabalhassem de mãos dadas com os engenheiros de chassis no design da Stumpjumper desde o primeiro dia. Por causa dessa união, agora podemos confiar mais na cinemática da estrutura e menos no amortecedor de impacto. O que isso significa para a pedalada? Bem, agora é flexível para os pequenos solavancos, sendo firme no meio curso e excepcional em lugares extremos. Esta é a fantástica união entre quadro e shock que faz a Ultimate Trail Bike.” Disse Jason McDonald – Engenheiro líder projeto.

MUDANÇAS RADICAIS E OPÇÕES DE PILOTAGEM

A nova Stumpjumper possui um novo sistema chamado FLIP CHIP, que permite você mudar a geometria do quadro com facilidade, tudo para para se adequar ao seu estilo de pilotagem. Existem duas configurações, Alta e Baixa, com a mudança da “peça” altera-se a altura do central da bike em 6 mm e o ângulo do head tube em meio grau.

Specialized Stumpjumper 2019

Detalhe do Flip Chip

AJUSTE E CONFIGURAÇÃO É TUDO!

Nessa viagem de pedalada e testes da nova Stumpjumper eu pude perceber mais ainda a importância de um ajuste fino nas suspensões e a calibragem correta dos pneus para cada situação. A ideia é que não adianta de nada os engenheiros gastarem anos desenvolvendo uma coisa que você destrói em minutos, por não saber usar!

Por isso eles bateram forte na situação em que antes da pedalada tudo deve ser ajustado em finos detalhes, só assim vai poder extrair tudo que a bike pode oferecer.

NOVO SWAT

O novo Swat da Specialized Stumpjumper agora vem com 20%  a mais de espaço para colocar as necessidades básicas para pedal. O local continua o mesmo, mas foi aumentado significativamente e a ideia principal disso é não levar praticamente nada nos bolsos e ter uma pedalada livre!

GUIA DE CORRENTE PRÁTICO

O guia de corrente é um componente quase que obrigatório nas bikes hoje em dia, principalmente nas MTBs onde recebemos impactos e solavancos o tempo todo em uma trilha. O novo guia de corrente da Stumpjumper foi realmente feito para não deixar a corrente cair, mas também para que seja prático na hora da limpeza da bike. Por isso foi desenvolvido um guia de corrente que tenha uma alavanca para puxar a parte superior e poder limpar com facilidade a região da coroa e corrente!

PROTETOR DE QUADRO INTELIGENTE E SILENCIOSO!

Como assim um protetor de quadro inteligente e silencioso? Pois é! Eu também fiquei um pouco curioso quando escutei isso na apresentação dessa “parte”. Mas tudo foi explicado e mostrado e consegui captar a mensagem, de que um protetor de quadro não basta somente proteger o tubo entre a corrente, mas sim ter uma função além disso. O protetor foi desenvolvido e muito testado na stumpjumper para que ele além de proteger também quebrasse as “ondas” da corrente e o movimento de sobe e desce. Esse movimento é causado pelo próprio movimento natural da bike, e da balança traseira na hora da pedalada, com esse protetor o barulho que se escutava antes de corrente batendo em todo lado foi significativamente diminuído, escutando somente a rolagem dos pneus e os movimentos da trilha.

Fotos: Harookz/H. Ruiz

COMPARTILHE

Comente