Carlos Henrique Paixão e Eliane Rezende são os campeões das 24h de MTB da Brasil Ride em Botucatu

Carlos Henrique Paixão e Eliane Rezende são os campeões das 24h de MTB da Brasil Ride em Botucatu

A cidade de Botucatu, a Terra da Aventura, foi palco neste fim de semana de duas competições ao ar livre, que agitaram a Cuesta Paulista com mais de 1.100 atletas de 14 estados brasileiros em ação. No sábado (24), foi dada a largada da Brasil Ride 24h Series de MTB, que coroou Carlos Henrique Paixão e Eliane Rezende como Rei e Rainha da Cuesta, ao meio dia do domingo (25), data que teve realizada ainda a abertura da Brasil Ride Trail Run. Na principal categoria da corrida de montanha nesta etapa, a estreia dos 21 km, os campeões foram Marildo Barduco e Giovanna Martins.

Na disputa de maior destaque da 24h de MTB da Brasil Ride, o campeão Carlos Henrique completou 26 voltas (286 km), enquanto a vencedora Eliane percorreu 18 voltas (198 km). O top 3 masculino teve ainda Thiago Drews, o Brou Bruto, com 25 voltas, e Bruno Gonçalves (23 voltas). Na feminina completaram as três primeiras colocações as atletas Clarita Balestrim (17 voltas) e Fabíola Freitas (16 voltas).

“Foi uma disputa bastante legal e muito intensa neste circuito bem bacana aqui de Botucatu. Os demais ciclistas do top 3 são meus amigos, ou seja, a rivalidade fica só dentro da pista. Estou bem feliz por esse título”, comemorou Carlos Henrique Paixão. “Bastante mérito para o Carlos Henrique, porque ele é diferenciado e humilde. Teve muita força de vontade. Fiz força demais, dei tudo que eu tinha, então estou satisfeito com o vice-campeonato”, destacou Brou Bruto.

“O meu ritmo foi encaixando a cada volta, quando fui me adaptando melhor a pista. Descobri que a 24h de MTB, apesar de eu estar competindo na categoria solo, é realmente uma prova de equipe. O apoio faz toda a diferença e tive muita força do meu treinador e de outros atletas. Chega um momento que a gente não está raciocinando bem, então todo conselho e orientação de quem está ao seu lado faz toda a diferença”, vibrou Eliane Rezende.

Carlos Henrique Paixão e Eliane Rezende são os campeões das 24h de MTB da Brasil Ride em Botucatu

Demais categorias – Nas duplas, os vencedores foram Otavio dos Santos e Eduardo Cesar  com 29 voltas completadas, no masculino, e Joseane Martins e Cleber Modesto nas mistas, com 20 voltas. Na competição de quartetos, a vencedora foi a equipe Brou Aventuras Race Team, com Rodrigo, Vitor, Fernando e Galdino, com 34 voltas. Enquanto entre os sextetos, o título ficou com os Vagalumes da Cuesta – Diego, Benedito, Paulo,Rafael, Felipe e Weber, em 23 voltas.

Aquecimento para o Mundial de 24h – A abertura da Brasil Ride 24h Series de MTB, em Botucatu (SP), foi um aquecimento para o Campeonato Mundial de 24h de MTB Solo de 2019. O evento internacional está marcado para a cidade de Costa Rica (MS), em julho do ano que vem, com o Pré-Mundial já agora em julho de 2018.

“Agradecemos a todos os atletas que estiveram presentes neste fim de semana e também a todo o público que acompanhou a competição ao vivo pelas nossas redes sociais. Agora já começamos a pensar diretamente no Pré-Mundial de 24h de MTB, em Costa Rica, e também no Festival Brasil Ride, no início de junho, aqui em Botucatu, com a Road Brasil Ride um fim de semana antes, no dia 27 de maio”, destacou Mario Roma, fundador da Brasil Ride.

“Mais uma vez inovamos, ao transmitir nosso Brasil Ride 24h de MTB Series ao vivo para os amantes do esporte, padrão que iremos seguir daqui pra frente, com mais de 20 mil pessoas assistindo nossas transmissões. Tivemos também a presença da grande mídia, como a TV Globo, o que é algo também significativo”, disse Mário Roma. “As provas do fim de semana mostram ainda que a cidade de Botucatu está bem estruturada, recebendo mais de 5.000 pessoas entre familiares e estafes dos atletas, com qualidade e ótimas opções de hospedagem e restaurantes”, finaliza Roma.

Ranking Brasil Ride – A partir da atual temporada, haverá rankings para as duas modalidades, mountain bike e trail run, considerando as 13 disputas programadas para 2018. No MTB, as provas que valerão para o ranking, com pesos diferentes, são 24H Brasil Ride, Warm Up Pro, Warm Up Sport, Maratona dos Descobrimentos e a Ultramaratona Brasil Ride. No MTB, a organização divide em três níveis: Gold, com 100 pontos para os campeões da ultramaratona; Silver, com 75 pontos para quem subir no lugar mais alto do pódio, na 24H Brasil Ride e Warm Up Pro; e Bronze, valendo 50 pontos para os vencedores do Warm Up Sport e Maratona dos Descobrimentos.

Fotos: Fabio Piva

COMPARTILHE

Comente