O que as equipes vão usar de bikes e componentes em 2018 nas provas de ciclismo

O que as equipes vão usar de bikes e componentes em 2018 nas provas de ciclismo

A temporada de 2017 viu uma série de mudanças na linha de bikes WorldTour.

Novos trabalhos de tecnologia e pintura agraciaram o pelotão, com Argon 18 movendo-se para Astana, Colnago em parceria com UAE Abu Dhabi (anteriormente Lampre-Merida) e Factor Bikes fazendo sua estreia no World Tour com AG2R La Mondiale.

A mudança de Peter Sagan para Bora-Hansgrohe deu os pontos necessários para promover o time no status do World Tour, embora Sagan não fosse a única assinatura do título para a equipe. Specialized em parceria com Bora-Hansgrohe para a temporada de 2017 com bikes personalizadas e brilhantes.

O fim da parceria da Argon18 com a equipe da Bora não resultou em uma omissão do World Tour para a marca canadense. Anunciando uma parceria com a equipe Astana por três temporadas.

2017 também foi a primeira incursão nas World Tour classificar para Factor Bikes após uma temporada com a equipe Pro Continental, ONE Pro Cycling. Colnago também re-juntou as fileiras WorldTour com UAE Abu Dhabi após um hiato de um ano após a rejeição da Europcar no final de 2016.

Tony Martin, o campeão do mundo da contrarrelógio individual, usava a camisa do arco-íris a bordo do Canyon Speedmax depois de se mudar para Katusha-Alpecin. Canyon também ficou preso com Alejandro Valverde e Nairo Quintana em Movistar.

Veja abaixo a tabela de todos os fabricantes de bicicletas, modelos, rodas e componentes que os times World Tour usarão em 2018.

COMPARTILHE

Comente