Shimano domina pelotão WorldTour com seu medidor de potência

Shimano domina pelotão WorldTour com seu medidor de potência

Shimano já é uma força dominante no pelotão profissional, mas sua presença deverá continuar ainda mais forte em 2018, uma vez que uma série de equipes World Tour se preparam para usar seu novo medidor de potência.

Shimano confirmou que, no próximo ano, seis equipes WorldTour irão rodar com o medidor Dura-Ace R9100-P da Shimano.

Antes da temporada de 2018, 15 das 18 equipes World Tour usam os componentes de Shimano total ou parcialmente. Cinco deles usam as rodas, dos quais dois usam o kit da marca PRO.

A equipe FDJ patrocinada pela Shimano foi o único time do World Tour equipado com o medidor de potência em 2017. O time francês continuará com a Shimano no próximo ano.

Nos últimos anos, o especialista alemão em medidores de potência SRM tem sido a marca popular de medidores de potência no pelotão profissional, com oito equipes em 2017. BMC Racing, Trek-Segafredo e Orica-Scott mudarão para a Shimano em 2018.

Team Sky e Team Sunweb passarão de Stages e Pioneer, respectivamente, para as unidades Dura-Ace.

Shimano afirma que o seu novo medidor de potência dupo oferece leituras de precisão de +/- 2%, funciona com Bluetooth ou ANT e adiciona somente 70g ao pedal padrão Dura-Ace R9100.

Junto com Shimano e SRM, Power2Max, 4iiii, Quarq, Pioneer e ROTOR também estarão presentes no pelotão da World Tour na próxima temporada.

Crédito foto: Reprodução

COMPARTILHE

Comente