Regras para uso de bikes de estrada com freios a disco em competições no Brasil

Regras para uso de bikes de estrada com freios a disco em competições no Brasil

Sobre a utilização dos freios a discos nas bikes de estrada para o pelotão profissional aqui no Brasil, acabei de ver essa atualização que a Federação Mineira de ciclismo postou. Ainda tem muitas dúvidas sobre o uso dessa tecnologia…

“Atualização da Informação postada dia 13/2/2017”

O Departamento Técnico e a Comissão de Arbitragem da CBC vem por meio desta segunda nota, atualizar a normatização do uso de freio a disco nas provas de estrada, conforme informações abaixo:

1) O uso de bicicletas de estrada com freio a disco está LIBERADO, pela UCI, APENAS PARA AS EQUIPES CONTINENTAIS, CONTINENTAIS PROFISSIONAIS E EQUIPES WORLD TOUR, em caráter de teste.

2) O uso de bicicletas de estrada com freio a disco está LIBERADO em todas as Provas do calendário da UCI, para as equipes acima descritas. Em outras palavras, no caso do Brasil, apenas nas provas que constam do calendário UCI, como por exemplo as Voltas Ciclisticas e de 1 dia, quando for o caso.

3) NENHUM EVENTO DE ESTRADA NO BRASIL (exceto as do calendário UCI), com chancela da CBC, Federações Estaduais, Municipais (Ligas devidamente filiadas às respectivas Federações Estaduais) poderão autorizar qualquer ciclista (de qualquer categoria oficial UCI ou CBC) a participar de provas de estrada com bicicletas equipadas com freios a disco.

4) Pedimos à todos os Comissários Nacionais, Estaduais e Regionais que sigam esta regra, impedindo qualquer ciclista de participar de um evento oficial de ciclismo.

Surigo ainda, que em caso de dúvidas, entrem em contato com a CBC para pedir esclarecimentos, bem como relatar os fatos que venham a ocorrer.

Acreditamos que as informações aqui repassadas, esclarecem quaisquer dúvidas quanto ao uso de bicicletas de estrada equipadas com freios a disco. Sendo assim, esta informação

CONTINUARÁ VALIDA ATÉ QUE A UCI PUBLIQUE NOVAS ALTERAÇÕES, QUE CONSEQUENTEMENTE SEJAM ADOTADAS PELA CBC.

Londrina, 22 de Fevereiro de 2017.

Departamento Técnico Coordenação de Arbitragem CBC

COMPARTILHE

Comente