Tour de France 2018 – Etapas chaves e características

Tour de France 2018 – Etapas chaves e características

Por muito tempo, as rotas do Tour de France foram bem previsíveis, para 2018 não teremos mudanças drásticas, mas terá novidades nas cidades-sede. Confira aqui alguns dos destaques.

Focus Cayo Ultegra

Etapa 9, 15 de julho: Arras Citadelle – Roubaix, 154 km

Aqui, os atletas enfrentarão um excesso de paralelepípedos, cerca de 21 km no total. Qualquer semelhança com a Paris-Roubaix não será mera coincidência.

A primeira seção de paralelepípedos começa em 47 km de prova, em Escaudoeuvres. Os últimos 70 km incluem uma dúzia de seções assim. É bom os atletas estarem bem preparados para enfrentar as pedras, qualquer perda de tempo ali pode colocar em risco a classificação.

Etapa 10, 17 de julho: Annecy – Le Grand Bornand, 159 km

A primeira semana do Tour está cheia de “armadilhas”, um contrarrelógio, ventos, etc. No entanto, será difícil não descrever essa primeira etapa nas montanhas dizendo que é aí que o Tour de France realmente começa.

É a hora do Tour se dirigir aos Alpes, com montanhas já bem conhecidas pelos atletas. Há outras etapas de montanha depois dessa, mas essa deve nos mostrar quem realmente terá pernas para encarar as subidas.

Etapa 17, 25 de julho: Bagnères-de-Luchon – Saint-Lary-Soulan (Col de Portet), 65 km

Etapa 20, 28 de julho: Saint-Pée-sur-Nivelle – Espelette (ITT), 31km

Apesar das mudanças em outros aspectos, o contrarrelógio aparentemente será igual ao de 2017. Não só essa etapa, mas a do terceiro dia também, pode ser que já tenhamos ideia dos principais favoritos ao título.

Esse teste final com certeza pesará na cabeça de Romain Bardet, por exemplo (que perdeu para Froome nessa temporada). Será uma briga boa entre o francês, Chris Froome, Ritchie Porte e Tom Dumoulin.

Falando abertamente, a participação de Dumoulin no Tour de France 2018 pode dar a Froome (e todo o Team Sky) um verdadeiro desafio a ser superado. Sua presença na competição pode ser mais surpreendente do que as próprias rotas.

COMPARTILHE

Comente