Após denúncias, Agência Mundial Antidoping suspende laboratório responsável pelos exames do Tour de France

Após denúncias, Agência Mundial Antidoping suspende laboratório responsável pelos exames do Tour de France

A Agência Mundial Antidoping suspendeu provisoriamente o laboratório em Châtenay-Malabry, próximo a Paris. O laboratório, administrado pela Agência Francesa Antidoping (AFLD), desenvolve os testes de urina para EPO e realiza grande parte dos exames no Tour de France.

Focus Cayo Ultegra

Em um comunicado, a WADA anunciou a suspensão devido a denúncias contra o laboratório. Essa suspensão entrou em vigor no dia 24 de setembro e o laboratório não poderá realizar nenhum tipo de exame até a audiência.

A imprensa local informou que houve dois casos de contaminação dos equipamentos do laboratório. Uma amostra de urina com uma concentração excepcionalmente alta de anabolizantes, deixou resíduo no equipamento de teste e mesmo após uma lavagem completa não limpou. Duas amostras enviadas ao Châtenay-Malabry deram positivo para anabolizantes e, após realização de um outro teste, deu negativo. Acredita-se que o equipamento contaminado deu resultado errado.

10 dos 32 laboratórios credenciados pela WADA em todo o mundo foram suspensos por casos assim, mas essa foi a primeira vez que o Châtenay-Malabry foi suspenso.

COMPARTILHE

Comente