Peter Sagan comenta sua estratégia e vitória no campeonato mundial de ciclismo 2017

Peter Sagan comenta sua estratégia e vitória no campeonato mundial de ciclismo 2017

Peter Sagan soltou o verbo após conquistar a terceira camisa arco-íris no Campeonato Mundial de Estrada, em Bergen.

MTB Focus Raven Lite

“Sei lá, talvez vencer seja meu karma”, disse Sagan sentado entre Alexander Kristoff e Michael Matthews. “Estou muito feliz com mais essa, tenho um calendário cheio toda temporada e essa corrida sempre será a mais especial para mim”.

Sagan não era notado em grande parte da prova de 267 km, ele ficou atrás do pelotão enquanto as voltas se desenrolavam. Ele foi paciente e tentou os movimentos nos últimos quilômetros se concentrando no Sprint e deu muito certo.

“Minha estratégia para hoje? Eu não tinha uma estratégia.”, respondeu Sagan. “Eu pensei que ficaria em quarto ou quinto, só percebi que seria meu título no último quilometro quando alcançamos Alaphilippe.”

Sagan ficou mais sério quando perguntaram por que ele decidiu dedicar sua vitória não só a sua esposa, mas a Michele Scarponi, o italiano que morreu enquanto treinava. “Ele era uma pessoa especial não só no ciclismo; Ele sempre distribuía energia positiva e hoje seria seu aniversário”, explicou Sagan.

Sagan fez história no ciclismo ao se tornar o primeiro atleta a vencer três títulos mundiais consecutivos. “Não tenho certeza se vai mudar alguma coisa no mundo, mas é bom“, ele brincou antes de eleger esse último como o mais difícil. “Foi uma corrida imprevisível, nos 267 km você tem apenas uma chance de atacar corretamente”.

Sagan agora dará um tempo nas competições para se dedicar à família. Sua esposa, Katarina, está grávida e o campeão terá a paternidade como prioridade.

COMPARTILHE

Comente