Chris Froome disse que o Tour de France 2017 foi o mais difícil da sua carreira

Chris Froome disse que o Tour de France 2017 foi o mais difícil da sua carreira

Chris Froome venceu, pela quarta vez, o Tour de France nesse último domingo em Paris. Ele subiu no pódio em Champs-Élysées, vestiu outra camisa amarela e entregou o discurso discreto.

MTB Focus Raven Lite

Todo esse sucesso foi graças a sua equipe, Team Sky, com Mikel Landa (que terminou em quarto) e Michal Kwiatkowski. E, apesar das polêmicas envolvendo ele e Dave Brailsford, Froome deve permanecer por mais três anos como líder da equipe.

Eu não teria conseguido sem o trabalho da minha equipe, tenho orgulho de fazer parte da Sky pela dedicação e paixão que eles tem”, declarou o campeão.

No final, a vantagem de Froome sobre Rigoberto Urán (Cannondale-Drapac) foi de 54 segundos, mas durante toda a corrida, menos de um minuto separou o primeiro dos quatro melhores colocados na geral, foi uma margem relativamente apertada.

“Esse foi o Tour de France mais difícil para mim até agora; todos os ciclistas estavam muito fortes; sinto que devo homenagear todos os atletas pelas últimas três semanas, nós competimos, sofremos juntos e ainda assim fomos amigos dentro do pelotão”, disse Froome.

Com essa vitória, Chris Froome só fica atrás de Jacques Anquetil, Eddy Merckx, Bernard Hinault e Miguel Indurain, que venceram 5 vezes o Tour de France. “Tenho muito respeito pelos ciclistas que venceram o Tour 5 vezes porque sei o grau de dificuldade que é; quero voltar na próxima temporada para tentar me juntar a eles”.

Froome já confirmou que irá participar da Vuelta a España no mês que vem.

COMPARTILHE

Comente