Pedaladas de férias – ciclismo como atração turística

Pedaladas de férias – ciclismo como atração turística

Pedalar durante o cotidiano é uma atividade apaixonante – se conectar com sua cidade de formas que o mero dia-a-dia de trabalho e estudos não deixariam, isso sem sequer mencionar os benefícios à saúde que traz para os praticantes. Agora, levar o ciclismo para os dias de férias é uma verdadeira prova de amor.

MTB Focus Raven Lite

Destinações turísticas cada vez mais buscam atrair viajantes ao redor do mundo pelos pedais, e com resultados para lá de positivos. Algumas destinações no sudeste asiático, em especial o Vietnã, já se tornaram sinônimos de bike tours, uma alternativa às tradicionais excursões. Ao subir em uma bicicleta para conhecer uma cidade ou região, você não só se exercita, mas se conecta com aquele lugar, tal como o faz no seu dia-a-dia.  

Além do sudeste asiático, outros países se destacam no turismo de bicicletas. A costa recortada da Croácia, com vistas exuberantes para o Mar Mediterrâneo, se torna um dos destinos prediletos para quem se dispõe a pedalar nas férias. É possível encontrar pacotes de sete dias passando por diversos parques nacionais. Um diferencial é a disponibilização de diversos modelos de bicicleta, de forma que todos os ciclistas se sintam atendidos – até mesmo aqueles que optarem por um pouco menos de esforço, com bicicletas elétricas.

A América do Sul também começa a despontar nesse setor turístico. A facilidade linguística entre os próprios países, as belas vistas das cordilheiras dos Andes e a não-requisição de visto em várias das nações fazem com que voar até o Novo Mundo seja uma baita opção para turistas da América do Norte e Europa – isso sem falar nos preços acessíveis, com exceção do Chile, um dos destinos mais luxuosos do continente se compararmos com seus vizinhos.

O turismo sobre bicicletas, de maneira geral, é uma alternativa diferente e curiosa para os turistas habituados a viajar de maneiras mais tradicionais – fechar um pacote de excursão, contratar guias turísticos para caminhar em algumas partes de uma cidade, e todos os estereótipos que estamos cansados de conhecer. Para quem já é aficionado por bicicletas, é apenas mais uma maneira de levar a sua paixão doméstica para águas internacionais. Para quem não tem esse hábito, buscar esses tours de bicicletas permitem férias não só mais saudáveis, mas também dá a oportunidade de percorrer caminhos maiores e se conectar mais ainda com as particularidades do destino que elegeram para passar as férias. Com a busca diária por estilos de vida mais saudáveis, pedais nas férias se tornam um projeto de viagem para lá de bem-vindo para tudos.

Naturalmente, o Brasil dispõe de todos os atrativos que um país pode ter para atrair os mais variados entusiastas do ciclismo ao redor do mundo. Do litoral, passando pelas regiões mais áridas do Norte e Nordeste, sem sequer mencionar a região pantaneira, há potencial para o desenvolvimento de grandes projetos turísticos utilizando bicicletas.

Em 2018, a cidade do Rio de Janeiro será sede do Velo-City, fórum mundial que reúne empresários e ciclistas para discussão sobre soluções de mobilidade urbana. Essas mudanças seriam não só ideais para o turismo, mas uma enorme melhoria na qualidade de vida para os que já pedalam diariamente em todo o Brasil.

COMPARTILHE

Comente