Tour de France 2017 – Marcel Kittel venceu etapa 6 no sprint

Tour de France 2017 – Marcel Kittel venceu etapa 6 no sprint

Marcel Kittel (Quick-Step Floors) botou um gás no sprint e venceu a etapa 6 do Tour de France 2017 em Troyes. Chris Froome (Sky) terminou com segurança no pelotão principal e manteve a liderança geral por mais um dia.

MTB Focus Raven Lite

Parecia não ter espaço para Kittel nos 250 metros finais. Só parecia pois ele conseguiu acelerar numa velocidade surpreendente de 71 km/h deixando Arnaud Démare (FDJ) e André Greipel (Lotto Soudal) comendo poeira.

O último km foi meio que um freestyle mas tive sorte de ficar na roda de Démare, quando notei que estava chegando perto do final acelerei e foi perfeito!”, disse Kittel.

Essa etapa não tinha uma equipe favorita para vencer, o que parecia é que tudo estava meio desorganizado a princípio. A Quick-Step esforçou-se para colocar o líder em posição e Sabatini manteve um ritmo bem alto perto da linha. Logo A Dimension Data logo tomou as rédeas e, apesar da ausência de Cavendish, Edvald Boasson Hagen se mostrou otimista até demais.

Démare, Greipel e Bouhanni ultrapassaram Hagen quando o Sprint começou de verdade e, quando perceberam, Kittel já estava ultrapassando o grupo levando a vitória merecidamente. Démare ficou em segundo e Greipel em terceiro.

Pegando carona na expulsão de Peter Sagan na última terça, Jacopo Guarnieri reclamou que Bouhanni estava impedindo a ultrapassagem. “Bouhanni é um idiota; ele me ultrapassou e ainda bateu o joelho em mim; ele sempre faz isso deve ser porque não consegue vencer”, disse Guarnieri à imprensa. Bouhanni não quis comentar essas acusações.

Houveram também reclamações sobre a ultrapassagem de Démare: “Ele realmente passou em um espaço muito pequeno”, disse Degenkolb (Trek-segafredo), 10º colocado nessa etapa.

O desenrolar da etapa

A notícia que corria logo cedo é que a Bora-Hansgrohe não só apelou a expulsão de Sagan ao Tribunal de Arbitragem do Esporte, como também solicitou sua reintegração no Tour de France 2017 apesar de ter perdido duas etapas. No final do dia a CAS confirmou que rejeitou o pedido.

Depois da largada, outra vez a separação dos pelotões se deu bem cedo. O pelotão principal era liderado pela FDJ em meio às altas temperaturas, o que significava que não seria um dia fácil para ninguém.

Na ausência de Sagan, a batalha pela camisa verde teve outra aparência. O sprint intermediário em Colombey-Les-Deux-Églises foi fortemente disputado, com Démare levando os pontos para o quarto lugar à frente de Michael Matthews (Sunweb) e Greipel. O francês mantém a camisa, com uma vantagem de 27 pontos sobre a Kittel.

Quemeneur, Laengen e Backaert permaneceram na frente até os 4 km finais, quando finalmente foram engolidos. Um final sem fôlego aconteceu, com Kittel emergindo em meio a desordem para conquistar a vitória.

Confira o vídeo com os melhores momentos:

COMPARTILHE

Comente