Santa Cruz Nomad 4, detalhes de uma enduro totalmente redesenhada

Santa Cruz Nomad 4, detalhes de uma enduro totalmente redesenhada

A Santa Cruz revelou sua mais nova versão da Nomad, totalmente redesenhada.

Santa Cruz Nomad 4 2018

Foto: mtb-mag.com

Para começar, não tem o modelo 29er. A Santa Cruz Nomad 4 é uma 27.5 com quadro 100% de carbono e 170mm de curso na suspensão. A suspensão é totalmente diferente da versão anterior, agora o impacto é absorvido no link inferior, como no modelo V10. Esse novo sistema permite que a bicicleta tenha muito mais apoio na suspensão, e isso faz diferença na pedalada.

A geometria também mudou. Para ter um curso de pedal eficiente e uma posição de subida ideal, os engenheiros da Santa Cruz escolheram um ângulo de assento bastante íngreme de 74 / 74.5 °. O ângulo do headset é de 64,5 / 65 °, quase igual ao modelo anterior. O triângulo traseiro de 430 mm é bastante curto e a bike vem em 5 tamanhos (XS a XL).

Santa Cruz Nomad 4 2018

Santa Cruz Nomad 4 2018

Foto: mtb-mag.com

O freio traseiro da Santa Cruz Nomad 4 é equipado para discos de 180mm e compatível com quase todas as marcas de freios sem precisar de calços ou adaptadores, eliminando peso, ruídos e vibrações.

Santa Cruz Nomad 4 2018

Foto: mtb-mag.com

A parte da roda traseira da Santa Cruz Nomad 4  foi preparada com boost 12x148mm e o triângulo traseiro foi desenvolvido para suportar pneus de até 2.6″ e ainda sobrando espaço suficiente para evitar o acúmulo de lama.

O cabo de freio traseiro é externo, mas não estranhe pois isso foi proposital para facilitar a manutenção. Já o cabo do Reverb é totalmente interno.

A parte inferior conta com uma proteção de borracha sólida, fixada com dois parafusos. Isso permite absorver o impacto, sem danificar o quadro. Há também suporte para garrafa.

Santa Cruz Nomad 4 2018

Foto: mtb-mag.com

Essa é uma bicicleta com acabamento exemplar, não é por acaso que a Santa Cruz oferece uma garantia vitalícia a seus produtos.

Santa Cruz Nomad 4 2018

Foto: mtb-mag.com

Por último, mas não menos importante o mini para-lamas do shock traseiro, Dada a posição dele, esse para-lamas serve muito bem e não joga toda a sujeira direto no amortecedor.

COMPARTILHE

Comente