Resumão da Copa do Mundo de MTB em Albstadt, Alemanha

Resumão da Copa do Mundo de MTB em Albstadt, Alemanha

Albstadt é bem conhecida pelas trilhas e já é um clássico no calendário da Copa do Mundo de MTB, desde 2013. Separei aqui algumas curiosidades interessantes sobre a cidade e as competições que acontecem por lá.

focus linha carbon road

• Nessa temporada, o rock garden da última ladeira foi a estrela do percurso. Só Mathias Fluckiger caiu duas vezes ali, e não conseguiu concluir a prova. Ironicamente, a volta mais rápida foi dele, batendo 11:52.

• 11:56 foi o melhor tempo de Nino Schurter.

• Abstadt será a sede do Campeonato Mundial de XCO em 2020.

• A prova masculina teve velocidade média de 20,6 km/h.

• David Valero foi o mais rápido na última volta com 12:12.

• Apenas uma bicicleta full suspension ficou no top-20, foi a Jura Stevens Carbon de  Mathieu van der Poel.

• Fontana deixou a competição por causa de um problema mecânico. Ele tinha chances de pódio.

• Van der Poel já bateu os resultados do próprio pai na Copa do Mundo. Enquanto ele ficou em 2º, o 4º lugar foi o máximo para seu pai.

• Sam Gaze prometeu bons resultados nessa temporada, mas, novamente, não conseguiu terminar a corrida.

• Lesões deixaram grandes atletas fora dessa prova, foi o caso de Kulhavy, Victor Koretzky, Sergio Mantecón e Lukas Fluckiger.

• Na prova feminina, Yana Belomoina foi a primeira atleta ucraniana a vencer a Copa do Mundo.

• Annika Langvand não teve um dia bom. Ela pareceu estar em forma, mas acidentes de percurso a deixaram bem longe do pódio nessa etapa.

• Sabine Spitz terminou em 7º.

• Sentiu falta de Jenny Rissveds? Pois é. Ela está passando por momentos difíceis pela perda de dois parentes próximos. Esperamos vê-la em breve.

Fotos: Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool

COMPARTILHE

Comente