Dados impressionantes do Strava de alguns atletas no Giro d’Italia 2017

Dados impressionantes do Strava de alguns atletas no Giro d’Italia 2017

Você também se pergunta como teria terminado cada etapa do Giro d’Italia se estivesse lá competindo? Graças ao Strava, dá para termos uma noção de como nos sairíamos entre os profissionais.

Depois de mais de 180 km, a quarta etapa da prova teve o primeiro final com uma subida de 18 km no Monte Etna. Alguns ciclistas postaram seu desempenho no Strava, incluindo Michael Woods (Cannondale-Drapac) veja aqui!

Ao longo de cinco horas, Woods, que pesa 63kg, fez uma média de 241 watts, queimou quase 5.000 calorias e conquistou impressionantes 37 KOMs. Nos quilômetros restantes, ele chegou a fazer mais de 700 watts de potência quando Vincenzo Nibali e Ilnur Zakarin atacaram. Já no sprint final, a sua velocidade chegou a 40 km/h.

As estatísticas do Strava também mostraram as dificuldades dos ciclistas que não tiveram tanto sucesso na bicicleta. Um deles foi Jeremy Roy (FDJ) veja o strava aqui que foi derrubado num acidente perto do Monte Etna. O que já parecia trágico o suficiente visto de uma câmera a longa distância, ficou ainda pior no Strava. Roy estava a uma velocidade de 73 km/h quando se acidentou.

COMPARTILHE

Comente