Nairo Quintana admite estar fora do ritmo no Giro d’Italia 2017

Nairo Quintana admite estar fora do ritmo no Giro d’Italia 2017

Nairo Quintana (Movistar) não tem tido desempenhos notáveis no Giro d’Italia 2017, ele diz que ainda precisa subir de nível para enfrentar seus maiores rivais.

Não eram altas as expectativas de que Quintana chegaria na frente na etapa do Monte Etna, porém sua reputação nas subidas é notável então ele nunca será descartado como favorito.

focus linha carbon road

Houve ponto que Quintana deu indícios que iria avançar no pelotão, no entanto esse esperado ataque não aconteceu. O ciclista usou uma estratégia mais prudente e conservadora, deixando seu parceiro de equipe Andrey Amador acelerar quando Nibali atacou.

Nairo Quintana terminou a etapa na 11ª colocação e agora é o 6º na geral. “Meu objetivo nessa etapa de montanha era subir com meus oponentes e não perder tempo com eles”, ele disse à imprensa. “Percebo que estou fora do ritmo e ainda não estou no nível deles; na próxima etapa de montanha, acho que vou melhorar”.

Sobre o favoritismo

Depois de vencer o Tirreno-Adriatico em março, Quintana teve tempo para descansar e só competiu na Vuelta a Astúrias no final de abril, onde venceu algumas etapas.

Quintana elogiou a Movistar e o trabalho duro de Amador no ataque de Nibali. “Tivemos que responder ao ataque de Nibali; foi difícil, ventava muito, mas fizemos o que tínhamos que fazer”.

Sobre ser o favorito ao título no Giro, Quintana foi realista: “Você não pode subestimar o resto dos atletas, tem gente muito boa aqui”, disse ele.

“Nibali teve um bom desempenho e mostrou que está em um nível superior, o Team Sky tem um ótimo time com Thomas e Landa. E Zakarin (Katusha-Alpecin) mostrou que está em forma na etapa inicial; E é claro que não posso esquecer de Jungels (Quick-Step Floors) também“, analisou.

O ciclista da Movistar tem mais quatro etapas para encontrar sua boa forma antes das etapas cruciais de montanha.

COMPARTILHE

Comente