Tudo o que você precisa saber sobre os principais grupos para ciclismo de estrada

Tudo o que você precisa saber sobre os principais grupos para ciclismo de estrada

Um grupo para bicicleta de estrada é o que faz sua magrela “andar”. Muitas empresas produzem esses componentes, mas o mercado é dominado por três delas: Shimano, SRAM e Campagnolo. Vamos detalhar cada um deles aqui.

focus linha carbon road

Shimano

É a mais antiga no mercado e mais usada dessas três. A empresa é japonesa e iniciou as atividades em 1921. A Shimano hoje responde por metade da indústria global de componentes de bicicletas.

Grupos Shimano de entrada

Pensando no preço, o Claris é uma boa opção, com 8 velocidades. Acima dele, o Sora também é encontrado em bicicletas mais acessíveis, com 9 velocidades.

Depois desses dois, vem o Tiagra. Esse grupo é de 10 velocidades e já tem preço mais alto por causa da sua tecnologia de ponta, como os pedivelas de quatro braços.

Grupos Shimano de maior desempenho

Shimano 105 é o grupo de desempenho mais acessível focado em desempenho e vem em muitas bicicletas de estrada. Este grupo de 11 velocidades é considerado por muitos ciclistas como a melhor combinação de desempenho, durabilidade e valor.

Shimano Ultegra está abaixo do nível profissional Dura-Ace. Também de 11 velocidades, oferece todo o desempenho que a maioria dos ciclistas precisam, mas é 258 g mais pesado do que o Dura-Ace.

Grupos Shimano de nível profissional

Dura-Ace é top de linha da Shimano. Com 11 velocidades, combina fibra de carbono e titânio e muito leve.

Shimano Di2

A Shimano também oferece grupos de Ultegra e Dura-Ace com Di2 operado eletronicamente. Os grupos Di2 compartilham o mesmo pedivela, cassete, corrente e freios do respectivo grupo mecânico.

SRAM

A empresa americana SRAM surgiu nas mountain bikes no final dos anos 80 e destacou-se com seus shifters leves GripShift.

A SRAM tem quatro grupos principais – Apex, Rival, Force e Red (em ordem crescente de preço). Os grupos de SRAM são os mais leves do mercado.

Grupos SRAM de entrada

O Apex é um grupo de 10 velocidades que possui o sistema WiFli da SRAM. A SRAM também oferece seu grupo Apex em configuração 1×11.

Grupos SRAM de desempenho

Acima do Apex, vem a linha Rival, que também usa o WiFli, mas feito de materiais mais leves. Rival é de longe o mais popular grupo da SRAM e tem 11 velocidades. Pode ser encontrado com nas versões 2×11 ou 1×11.

Subindo de preço, chega o SRAM Force que usa materiais leves como ligas de alta qualidade e fibra de carbono. Tal como o Rival, é um grupo de 11 velocidades.

Grupos de SRAM de nível profissional

O grupo Red da SRAM é um grupo de 11 velocidades, que já venceu o Tour de France várias vezes. É um concorrente direto do Shimano Dura-Ace.

O SRAM Red possui materiais super-leves, incluindo ligas de alta qualidade, abundância de rolamentos de fibra de carbono, titânio e até cerâmica. Também está disponível em uma opção WiFli. De todos os grupo, SRAM Red é o mais leve no mercado com 1.747 gramas.

SRAM eTap

A empresa americana começou fazer adaptações eletrônicas para seu grupo Red em 2015. Conhecida como eTap, essa é a única opção sem fio disponível a partir das três principais marcas de componentes.

Campagnolo

A marca italiana Campagnolo chegou no mercado em 1933, depois que as tentativas frustradas do fundador Tullio Campagnolo de remover uma roda traseira durante uma corrida o inspiraram a projetar uma alavanca para facilitar esse serviço.

A Campagnolo é muitas vezes a escolha de colecionadores.

Grupos de entrada Campagnolo

Os grupos de Campagnolo já começam acima da concorrência, então é impossível encontrar grupos custando menos que as outras.

O Veloce é do mesmo nível que o Shimano Tiagra ou SRAM Rival. É um grupo de 10 velocidades feito com materiais leves.

Athena é um concorrente direto do Shimano Ultegra e do SRAM Force. Ele inclui componentes compostos de carbono e tecnologia de ponta da Campagnolo, com opção 2×11 ou 3×11.

Grupos de desempenho Campagnolo

O Potenza foi lançado em 2016 como outro concorrente do Ultegra. Esse grupo combina recursos de ponta superior como um pedivela de quatro braços com o shifter dos grupos Veloce e Athena, que é mais fácil de alcançar. Disponível em 2×11.

Grupos Campagnolo de nível profissional

Campagnolo Record é o top da marca italiana. Esse grupo é feito com fibra de carbono de alta qualidade combinada com titânio. A versão de 11 velocidades é encontrada nas bicicletas mais caras que vemos por aí.

A Campagnolo também oferece um grupo ainda mais acima, o Super Record. Esse produto está acima de qualquer coisa oferecida pela Shimano ou pela SRAM, e só é encontrado nas máquinas de estrada de nível pro.

Campagnolo EPS

Campagnolo também oferece grupos eletrônicos com o nome EPS (abreviação de Electronic Power Shift). Começa com o Chorus EPS, movido por motores elétricos e bateria.

O Record EPS usa materiais mais leves para reduzir o peso total, e o Super-Record EPS é ainda mais refinado.

COMPARTILHE

Comente