Peter Sagan disse que o destino não o deixou vencer o Tour de Flanders 2017

Peter Sagan disse que o destino não o deixou vencer o Tour de Flanders 2017

Quando perguntado se iria estar no pódio no Flanders 2017, Peter Sagan disse que dependeria do destino. Parece que o destino não quis mesmo a sua vitória, ele chegou machucado, sujo e 3 minutos após o campeão Philippe Gilbert.

O acidente aconteceu no Oude Kwarenmont restanto apenas 16 km para o final. Sagan, junto com Van Avermaet e Oliver Naesen, estava perseguindo o desenfreado Gilbert quando caiu e derrubou os outros ciclistas que estavam perto.

Após terminar, Sagan conversou com a imprensa enquanto recebia atendimento médico. “Acho que conseguiríamos pegar o Gilbert, mas o destino não quis; a culpa foi minha, estava muito perto da barreira e senti que bati em algo; até conseguiria continuar mas minha bicicleta quebrou”.

Sagan venceu Kuurne-Bruxelas-Kurne no fim de fevereiro, mas teve dias ruins em outros clássicos da primavera. Ele perdeu por pouco no Milan-San Remo (por causa de um acidente que, dessa vez, não foi culpa dele) e também não conseguiu vencer o E3-Harelbeke nem o Gent-Wevelgem.

Agora os olhos se voltam para o Paris-Roubaix, e vamos aguardar se o destino vai cooperar com Sagan dessa vez.

Foto capa Tim de Waele/TDWSport.com

COMPARTILHE

Comente