Ventania de mais de 90 km/h forçou o cancelamento da corrida na África do Sul

Ventania de mais de 90 km/h forçou o cancelamento da corrida na África do Sul

Ventos fortes podem deixar o ciclismo altamente perigoso. Mas, para quase 35 mil ciclistas no Cape Town Cycle Tour na África do Sul, o vento de mais de 90 km/h não só arruinou a prova como forçou seu cancelamento pela primeira vez na história.

Os organizadores declararam: “é com grande pesar que às 6:38 dessa manhã fomos forçados a cancelar o 40º Cape Town Cycle Tour por causa dos ventos e de um incêndio na Hout Bay”.

Os vídeos chamaram muita atenção nas redes sociais logo que foram postadas. Confira alguns que mostram a dificuldade de alguns ciclistas para manter o controle das bikes e outros que quase não conseguem segurá-las:

Perto dali, um incêndio tomava conta de Hout Bay e alguns dos ciclistas ajudaram as vítimas com alimentos da prova principalmente.

Essa não foi a primeira vez que os ventos fortes forçaram o cancelamento de grandes provas. Em novembro do ano passado, a Koksijde World Cup precisou ser cancelada por causa da ventania, que derrubou a tenda vip e jogou muita areia nos atletas que competiam.

COMPARTILHE

Comente