Shimano investiga falha na roda que se partiu na Tirreno-Adriatico 2017

Shimano investiga falha na roda que se partiu na Tirreno-Adriatico 2017

Na primeira etapa da Tirreno-Adriatico 2017, o acidente inacreditável do ciclista Gianni Moscon da equipe Sky tomou as redes sociais. Após uma falha, a roda dianteira da sua bicicleta quebrou em vários pedaços o que o deixou fora da competição naquele dia.

O que se ouviu foi que o Team Sky havia passado por uma série de buracos antes do acidente. Depois de terminada a etapa, foi relatado que três outras rodas também quebraram.

A BMC Racing usou as mesmas rodas, por isso a suspeita é de casos isolados. Orica-Scott, FDJ, Sunweb e LottoNL-Jumbo também utilizam rodas de três raios, como as de Moscon.

Segundo a Shimano, as rodas passam por testes rigorosos e tem qualidade impecável e complementou: “continuamos a investigar todos os fatores que possam ter causado esse dano no Team Sky; durante a produção, as rodas, que foram introduzidas no mercado em 2014, passam por um controle de qualidade que segue normas da ISSO/UCI; desejamos a Gianni Moscon mais sorte nas etapas seguintes”.

COMPARTILHE

Comente