Cape Epic 2017 com certeza será a mais disputada da história do MTB

Cape Epic 2017 com certeza será a mais disputada da história do MTB

Apesar do clima de camaradagem em 2014, nesse ano as equipes Topeak Ergon e Centurion Vaude serão as principais rivais em uma das maiores ultramaratonas do mountain bike do mundo: a Absa Cape Epic.

Para quem não sabe, em 2014 Joven Kaess e Markus Kaufmann (Centurion Vaude), estavam na liderança após dois dias de competição, porém um quadro quebrado os colocou fora da disputa. Na etapa 3, Kristian Hynek e Robert Mennen (Topeak Ergon) assumiram a liderança.

Mas alfuros nos pneus dianteiros e traseiros na etapa 5 pegaram Hynek e Mennen de surpresa. Para sorte deles, os ciclistas da Centurion Vaude pararam para ajudar, “esse foi um gesto esportivo incrível e eu devo a eles por isso” declarou Hynek.

Em 2017, é bem improvável que a dívida será “paga”, já que as duas equipes estão entre as favoritas da prova.

Kaess e Kaufmann estarão juntos novamente, mas Mennen foi substituído na equipe Topeak pelo austríaco Alban Lakata, que diz estar ansioso para uma vitória. Kaess acrescenta que “o desafio está mais difícil a cada ano e teremos Sauser de volta; a Absa Cape Epic é uma das minhas provas favoritas e o plano é vencer pelo menos uma vez na vida ”.

Lakata, ciclista experiente, começou oito Cape Epics e terminou sete. Hynek começou três e terminou dois, Kaufmann terminou o evento quatro vezes e Kaess cinco vezes.

Além deles estarão presentes na Cape Epic 2017 o atual campeão olímpico de MTB, o suíço Nino Schurter, o também suíço Christoph Sauser que fará dupla com Jaroslav Kulhavy, dupla forte da Specialized e experientes na ultramaratona.

Manuel Fumic também estará presente e fazendo dupla com o melhor brasileiro do MTB da atualidade, Henrique Avancini da Cannondale Factory Racing.

COMPARTILHE

Comente