5 erros de uso das bermudas de ciclismo

5 erros de uso das bermudas de ciclismo

As bermudas podem salvar seu pedal, ou arruinar de vez. Saiba como usá-las corretamente.

Uma é suficiente

Dobro de bermuda, dobro de conforto? NÃO!

A bermuda é feita para deixar você confortável pedalando. Adicionar uma em cima da outra vai apertar demais e deixar suas pernas mais presas. É normal incomodar nos primeiros treinos, mas você pode experimentar comprar outra marca para ver se adapta melhor.

Roupas íntimas com a bermuda de ciclismo

Usar calcinha ou cueca debaixo da bermuda pode causar alguns problemas. O suor e o atrito pode acumular bactérias nocivas à pele, além de assaduras nada convenientes. Prefira não usar roupas íntimas enquanto está de uniforme de ciclismo.

Lavagem incorreta

A almofada da bermuda deve ser bem lavada, então vire o avesso da peça. Essa roupa pode ser lavada na máquina, mas no modo mais delicado para não estragar. Também enxague bem, não faz bem deixar sabão em contato com a pele suada no próximo pedal. E, por último, deixe secar muito bem para evitar o cheiro desagradável.

Desgaste do tecido e da espuma

Como qualquer outra peça de roupa, a bermuda desgasta com tempo de uso. O tecido fica mais “fino”, a espuma se desfaz, a eficácia e proteção já não serão o mesmo… Sinal que está na hora de substituir a peça.

Tamanho errado

Não há um tamanho padrão de todas as marcas de bermuda disponíveis no mercado. Então, não fique preso apenas no seu tamanho. O ideal é experimentar várias delas e ver qual se adapta melhor ao seu corpo.

Os shorts devem encaixar firmemente nas pernas e glúteos (não muito apertados que atrapalham a circulação e nem frouxo a ponto do tecido ficar movendo). O tamanho ideal é quando você sente uma certa compressão que não chega a ser desconfortável.

VEJA TAMBÉM

O QUE ACONTECE NOS SEUS PULMÕES ENQUANTO VOCÊ PEDALA

A hora que um biker precisa de um treinador_

A hora que um biker precisa de um treinador_

COMPARTILHE

Comente