Os hábitos de alguns ciclistas profissionais

Os hábitos de alguns ciclistas profissionais

Aqueles rendimentos surpreendentes, façanhas impressionantes, retorno espetacular depois de lesões não vem à toa de uma hora pra outra. Aqui estão alguns hábitos diários dos ciclistas profissionais que você pode levar pro seu dia-a-dia para ter mais sucesso no pedal.

ravenmaxpro_720x120_ridebike

Esteja “conectado” à sua bike

Quem dá a dica: Ned Overend, 60, embaixador da Specialized

Overend não diz claramente que manter um relacionamento com esporte é como um casamento, mas quando ele fala sobre sua carreira e trajetória há muitas semelhanças. Estar pedalando é amar a bike e criar um vínculo com a magrela.

“A conexão com a bike é o motivo da minha longevidade e minha paixão por esse esporte; Quando escolho o tipo de pedal que irei fazer, olho para a bike e imagino o quanto de desempenho ela é capaz de me trazer; Cada bike me proporciona uma energia única, momentos marcantes desde uma longa estrada até um terreno cheio de lama”.

Planeje seu treino respondendo os “por quês?”

Quem dá a dica: Evelyn Stevens, 32, ciclista profissional da Team Boels-Dolmans

Todas as manhãs, a atleta reserva um tempo para planejar seu dia e mais importante ainda: lembrar o por quê ela vai realizar o que planejou. “É muito fácil a gente se distrair e perder o foco então mesmo em dias de descanso, eu paro e reflito por que isso vai me ajudar na bike; Pedalar na chuva é um saco, mas aí eu penso que tenho saúde e tempo para pedalar mesmo molhada então vejo como um motivo para prosseguir e entender que serei melhor nas trilhas molhadas”.

Relaxe

Quem dá a dica: Taylor Phinney, 25, atleta da BMC Racing

Depois de sofrer um sério acidente, Phinney precisou achar outras coisas para se distrair no período de recuperação, ele escolheu a música. “Música é muito importante para mim, me ajuda a relaxar; tem músicas certas para relaxar em casa ou enquanto recebo uma massagem e músicas para treinar ou competir, isso me ajuda muito”.

Respeite seu sono

Quem dá a dica: Katie Compton, 37, atleta de Cyclo-Cross

Meu segredo são travesseiros e um bom colchão! É um ótimo investimento; As oito horas ou mais de sono diariamente definem meu sucesso no ciclismo; não janto tarde da noite, deixo minha cama sempre muito confortável e procuro relaxar bem a cabeça, fazendo isso consigo dormir muito bem”.

Busque sempre objetivos maiores

Quem dá a dica: Joe Dombrowski, 24, atleta da Cannondale-Garmin

É muito importante sabermos até onde conseguimos chegar, e buscar melhorar sempre. “Sempre procuro dar objetivos aos meus treinos, sejam eles bem duros ou aqueles que saio mais para relaxar mesmo; O objetivo é essencial para alcançarmos níveis cada vez maiores explorando nossos limites”.

COMPARTILHE

Comente