Lance Armstrong convocado a depor acusado de fraude ao governo americano

Lance Armstrong convocado a depor acusado de fraude ao governo americano

A justiça dos EUA acredita que Lance Armstrong fraudou o governo americano, e deve reembolsar os cofres públicos pelos anos que o US Post Service patrocinou a equipe dele (entre 2000 a 2004).

O advogado do Estado Robert Chandler disse ao USA Today que “ele (Armstrong) mentiu diretamente ao patrocinador, fez declarações públicas a jornais dizendo que não fazia doping, envolveu o nome do US Post Service”.

Depois da sua confissão feita no programa da Oprah Winfrey em 2013, Lance Armstrong ofereceu ao governo americano 5 milhões de dólares, na tentativa de reduzir sua pena, que foi negado. O advogado do atleta alega que o US Post Service não foi prejudicado por isso, estimando que a empresa obteve mais de 160 milhões de dólares em exposição na mídia, contrastando com os mais de 32 milhões que pagou no patrocínio da equipe. Ele ainda argumentou: “Não dá pra dizer que um fato negativo sobre um atleta depois de oito anos após o fim do patrocínio prejudique o patrocinador”.

O atleta não quis dar declarações à imprensa ao sair do tribunal.

COMPARTILHE

Comente