Overtraining no ciclismo e como evitar…

Overtraining no ciclismo e como evitar…

O excesso de treinamento não é exclusividade dos ciclistas profissionais. Mesmo se você, ciclista amador, estiver treinando apenas 8 horas por semana, mas passa por estresse no trabalho, vive na correria, não tem tempo para relaxar de verdade ou suas refeições não são ricas em nutrientes, pode ser que seu corpo não esteja se recuperando direito.

Mas quais os sinais que posso perceber?

Emma Grant, atleta da Scott Contessa, já experimentou o “overtraining” e explica como reconhecer os sintomas: “Se tudo torna um esforço para você – até vestir o uniforme, sente dificuldade em se concentrar e começa ficar antissocial pode ser algumas das mudanças aparentes”.

A atleta também percebeu mudanças físicas, como ritmo cardíaco elevado até quando estava em repouso, resfriados frequentes, tonturas quando estava pedalando e má digestão. A recomendação é dar uma pausa maior nos treinos, Grant aconselha: “coloque sua saúde em primeiro lugar e saiba dizer não quando precisa. O segredo é ser honesto com você mesmo e saber a hora de desacelerar”.

É essencial:

  • Ser honesto com você mesmo
  • Não ignorar os sintomas
  • Descansar quando não tem motivação para treinar
  • Evitar o estresse

Alguns sintomas de excesso de treino:

  • Problemas para dormir
  • Dor muscular constante
  • Fadiga
  • Perda de peso e falta de apetite

COMPARTILHE

Comente