Ciclismo e fratura de Clavícula: O que você precisa saber sobre

Ciclismo e fratura de Clavícula: O que você precisa saber sobre

Se ainda não aconteceu com você, provavelmente você conhece algum ciclista que já sofreu um acidente que resultou numa lesão da clavícula.

A clavícula é como uma ponte que liga seu braço ao peito, qualquer lesão nesse osso pode deixar você em recuperação por um bom tempo. Fraturar é uma dor absurda e no caso da clavícula, você pode até ouvir seu osso quebrando.

“Isso tem a ver com a forma que o ciclista tende a cair no chão”, explica Dr. Brian Cunningham – ortopedista de Minnesota.

Essa fratura geralmente não necessita de tratamento cirúrgico. A clavícula pode ser imobilizada na posição “de oito” com uma tala ou um aparelho que mantenha os ombros para trás. Às vezes é necessário usar uma tipóia.

Veja alguns itens que pode ajudar na recuperação certa:

O que fazer após a queda?

Se você caiu e desconfia que fraturou a clavícula (isso por causa da forte dor), vá a um pronto socorro imediatamente. Não só por causa do osso, mas porque há muitos vasos sanguíneos que passam nessa região e que podem ser lesionados também.

Tratamento

Após um raio-x simples, o médico irá saber o tipo de lesão que ocorreu. Pode ser desde uma luxação que se resolve com repouso e tipóia ou até algo mais sério que precisa de cirurgia. O importante é não ignorar qualquer um desses tratamentos pois isso pode levar a danos permanentes no seu corpo.
clavicula-de-fabian-cancellara

Recuperação

É muito importante obedecer o  tempo de cura e as ordens médicas para se recuperar adequadamente após uma lesão na clavícula. Se curada da forma certa, você logo pode voltar às atividades habituais sem sentir dores ou desconforto.  Se ignorar essas etapas você pode se lesionar de novo e dessa vez pode ser mais sério.

Quando o osso começa a soldar, em uns 20 dias (3 semanas) começa a sentir-se melhor e ira querer acrescentar suas atividades aos níveis normais. Mas calma, antes disso recomenda-se fzer algumas sessões de fisioterapia.

Quando retornar ao Ciclismo?

A clavícula deve estar totalmente consolidada antes do retorno ao esporte ou à atividade, para que não ocorram novas fraturas. O paciente deve ser capaz de movimentar o ombro e o braço, sem sentir dor. Antes da liberação para esse retorno, o médico poderá pedir outro Raio-x para confirmar a consolidação óssea.

COMPARTILHE

Comente