O fim da Rockshox RS1 e o renascer da Rockshox SID?

O fim da Rockshox RS1 e o renascer da Rockshox SID?

A suspensão RockShox RS1 chegou ao mercado da bike em 2014, fazendo muito barulho, com uma potente campanha de marketing envolvida. Sendo a primeira suspensão “invertida” da marca para a modalidade MTB XC.

Com um aspecto nada convencional, porém com um design bem bonito por ser clean. Uma vez que já haviam tentado fazer um desenho parecido, como por exemplo a marca Marzocchi, mas que jamais chegou ou se consolidou no mercado.

Lançada com um curso de 100mm, mas podendo ser configurada tanto para 80mm quanto para 120mm. Feita exclusivamente para o público do MTB XC e que logo apareceu na maioria das bikes dos atletas das equipes.
suspensao-rockshox_rs1
Mas como todo produto, ela tem seus prós e contras… Primeiramente que ela foi considerada uma das mais sensíveis suspensões e que seu design é favorável para a prática do XC.

Mas também tem seu lado negativo, como por exemplo um fator super importante, que é o peso da suspensão RockShox RS1. Chegando quase nos 1700g na versão 29″e com bloqueio remoto e 1666g sem bloqueio.

O renascimento da RockShox SID

A suspensão com o maior número de vitórias da história no XC. Para a versão 2017 uma nova suspensão nasceu, com um incrível peso de 1443 gramas, sem bloqueio remoto. Arma da RockShox para lutar lado a lado com a potente FOX SC 32.

Mais leve, mais barata e mais rígida que a RS1, mas sem a suavidade enorme que a RS1 possui.
rockshox-sid-2016-com-peso-de-1366g_1 rockshox-sid-2016-com-peso-de-1366g

VEJA TAMBÉM

como-transportar-a-bike-no-carro

COMPARTILHE

Comente