UCI responde a ataques sobre obstrução de testes em bikes no Tour de France

UCI responde a ataques sobre obstrução de testes em bikes no Tour de France

Um dos inventores dos motores escondidos nas bikes, Stefano Varjas acusou a UCI por obstrução nas investigações sobre o uso de motores em bikes no Tour de France 2016. Ele disse à imprensa que “estava lá com as autoridades e perguntou se realmente queriam pegar quem estava usando os motores, responderam que sim. Então, eu disse o que eles precisavam fazer e eles concordaram mas, na hora de verificar as bikes, eles foram impedidos pela UCI”.

Em comunicado um dia depois, a UCI negou:

“A UCI condena as acusações que estavam sendo feitas em algumas reportagens a respeito dos testes para evitar fraudes tecnológicas no Tour de France 2016”, escreveu. “Realizamos extensas verificações nas bikes de acordo com a lei, e utilizamos vários métodos com o apoio do realizador da prova e a polícia francesa”.

O presidente da UCI, Brian Cookson, comentou o ocorrido:

“Obviamente é nosso papel ser o órgão regulador. Nós fizemos as verificações e estamos colaborando com as autoridades francesas no que for necessário. Nós faremos nossos testes, agora com a ajuda de iPad, e estamos dispostos a fazer qualquer outro que possa ajudar”.

Foto capa: Shane Stokes

COMPARTILHE

Comente