Campeões brasileiros de MTB Maratona XCM chegam em alta na Brasil Ride 2016

Campeões brasileiros de MTB Maratona XCM chegam em alta na Brasil Ride 2016

A sétima edição da Brasil Ride, entre 15 e 22 de outubro, promete ser especial para dois ciclistas brasileiros, Halysson Ferreira e Isabella Lacerda. Em comum a ambos, o fato de terem conquistado em agosto deste ano o título brasileiro de Maratona XCM, em São Fidélis (RJ). Enquanto Halysson seguiu com a hegemonia na modalidade ao garantir o bicampeonato nacional, Isabella, que detém o título de 2014 do Campeonato Brasileiro de XCO (Cross Country Olímpico), somou mais uma importante conquista ao seu currículo vitorioso. Assim, os dois chegam em alta à Bahia, para disputar a principal ultramaratona de MTB das Américas, na Costa do Descobrimento, entre Arraial d’Ajuda e Guaratinga.

O mineiro Halysson Ferreira, de Patrocínio, irá para a sua terceira participação consecutiva na competição internacional, após uma sétima colocação em 2014 e o oitavo lugar no ano seguinte. Após competir dois anos lado do goiano Raphael Mesquita, desta vez Halysson fará dupla com o fluminense Robson Ferreira, de Mendes (RJ). “Para mim ter a pressão de chegar como atual bicampeão brasileiro é melhor. Eu gosto disso, porque me sinto bem e acredito que este fato estará ao meu favor”, destaca Halysson.

Se Halysson tem como motivação os dois títulos nacionais, Robson Ferreira também está em alta, por ser o atual campeão do Warm Up Brasil Ride Santa Catarina, realizado no início de agosto. “Acredito muito nessa nova dupla. O Robson é um atleta muito experiente, talvez até mais do que eu. Podemos brigar pelo título das Américas e até por um posto no pódio geral (Open), porque não”, avalia. “Minha dupla vem fazendo um ano muito bom e está numa crescente legal. Temos características parecidas no decorrer das provas. Somos mais calmos e não tomamos atitudes precipitadas. Sabemos controlar nossa força e escolher os pontos certos para dar o máximo. Isso deve nos ajudar”, complementa.

Com a mudança da Chapada Diamantina para a Costa do Descobrimento, no Sul da Bahia, as trilhas da Brasil Ride, em seus 540 km e 11.000 metros de altimetria acumulada em sete dias, serão novidades para todos os ciclistas, algo que agrada Halysson. “Para mim a mudança é ótima. Um circuito inédito, ou seja, ninguém sabe o que esperar, se a disputa será mais dura ou não, ou se teremos ainda mais calor do que era antes. Vai ser bom porque gosto de provas que trazem surpresas. Não sei nada da nova Brasil Ride, apenas as quilometragens e altimetrias das etapas, mas espero que seja positivo ter mudado de local”, conclui o ciclista patrocinense.

Favoritismo na Ladies – Após conquistar os títulos das Américas em 2014 e 2015, ao lado de Erika Gramiscelli e Nina Baum (EUA), respectivamente, a mineira Isabella Lacerda, de Itaúna, chega como uma das principais duplas favoritas, ao lado da belo-horizontina Letícia Cândido. “Sempre entro em uma competição em busca da melhor colocação possível. Neste ano, assim como nos anteriores, espero brigar pelo título geral outra vez. A Letícia e eu estamos focadas e vamos até o fim por esse título inédito”, define Isabella.

Assim como Halysson, Isabella sente-se muito motivada por chegar à Brasil Ride como atual campeã brasileira de Maratona XCM. “Esse título conquistado há pouco mais de um mês me dá muita motivação. Apesar de eu ser especialista em Cross Country, tenho um gosto especial pelas maratonas e a vitória no Brasileiro é um gás a mais. Espero que nós façamos uma ótima competição durante os sete dias”, deseja a itaunense. “Normalmente somos adversárias dentro das pistas, mas muito amigas fora delas. Isso será um diferencial para nós. Competimos pela mesma equipe em 2012 e isso nos aproximou na época. A Letícia está muito forte e faremos uma ótima parceria. A Brasil Ride exige muita conexão entre os ciclistas, trabalhar em equipe e um saber a hora de ajudar o outro”, finaliza.

Programação resumida da Brasil Ride – 538,8 km – 11.000 metros de altimetria

15/10 – Sábado: entrega de kit atletas em Arraial d’Ajuda
16/10 – Domingo: Etapa 1: Prólogo em Arraial d’Ajuda (21,1 km e 318 m altimetria)
17/10 – 2ª feira – Etapa 2: Deslocamento para o acampamento da Vila Brasil Ride (128 km e 2225 m altimetria)
18/10 – 3ª feira – Etapa 3: Largada e chegada no acampamento (63,5 km e 1.587)
19/10 – 4ª feira – Etapa 4: Largada e chegada no acampamento (85,3 km e 2.963 m altimetria)
20/10 – 5ª feira – Etapa 5: Deslocamento do acampamento da Vila Brasil Ride para Arraial d’Ajuda (134 km e 2.027 m altimetria)
21/10 – 6ª feira – Etapa 6: Percurso XCO em Arraial d’Ajuda (31,8 km e 548 m altimetria)
22/10 – Sábado – Etapa 7: Última etapa do Brasil Ride e Maratona XCM / Festa de encerramento, em Arraial d’Ajuda (75 km e 1.105 m altimetria)

Foto capa: Ney Evangelista / Brasil Ride

COMPARTILHE

Comente