Dados de medicamentos usados por Nino Schurter e Catherine Pendrel também vazaram

Dados de medicamentos usados por Nino Schurter e Catherine Pendrel também vazaram

AVISO: Em nenhum caso se trata de USO PROIBIDO de substâncias, mas sim de um sistema que libera e aceita tratar enfermidades e lesões com algumas substâncias.

TUE significa Therapeutic Use Exemptions (Isento para uso Terapêutico) e esteve no topo dos assuntos nas última semanas, devido a invasão de hackers e liberação de muitos dados de atletas.

O sistema da TUE era desconhecido até o momento para o público. Um sistema que permite o uso de medicamentos e substâncias proibidas para tratamento de doenças e lesões. Com a TUE o atleta é permitido a utilizar tais substâncias ilegais que se fossem pegos no exame anti-doping estariam em sérios problemas.

O problema e o que está causando incômodo em muita gente não é a liberação do uso de substâncias, mas sim o uso abusivo e em grande espaço de tempo de tais substâncias e medicamentos… abaixo separei o caso de Nino Schurter e de Catherine Pendrel.  Lembrando que tudo que foi usado por eles foi liberado através da TUE e com conhecimento da UCI. 

Caso de Nino Schurter

Os TUE de Nino Schurter são muito grandes e com amplo período de uso. Justificável para uma pessoa com doença crônica de asma.

  • budesonida, um glicocorticoide relacionado com tratamentos de asma. Autorizado de junho de 2008 a junho de 2009 e posteriormente de julho de 2009 a julho de 2013 via inalação.
  • formoterol, utilizado na combinação habitual com a budesonida para o tratamento da asma. Autorizado de junho de 2008 a junho de 2009 e posteriormente de julho de 2009 a julho de 2013 via inalação.
  • alvesco, para o tratamento da asma com glicocorticoides. Autorizado de maio de 2010 a junho de 2014

Veja os documentos abaixo de Nino Schurter:

TUE-Nino-schurter-doc-1 TUE-Nino-schurter-doc-2 TUE-Nino-schurter-doc-3

Caso de Catherine Pendrel

O caso da atleta canadense é menos complicado, pois a atleta precisou passar por uma operação no dedo de uma das mãos. Com isso precisou tomar uma substância que facilita a sedação e diminuição de dores.

O uso de remifentanilo foi autorizado pela TUE de 8 de abril a 7 de maio.

Veja no link a seguir as TUEs dos atletas envolvidos – https://fancybear.net/pages/5.html

COMPARTILHE

Comente