Flavia Oliveira encerra temporada fantástica com o vice-campeonato do Giro da Toscana na Itália

Flavia Oliveira encerra temporada fantástica com o vice-campeonato do Giro da Toscana na Itália

A carioca Flavia Oliveira (Specialized) encerrou neste fim de semana uma temporada de grandes conquistas em sua carreira. Após obter o melhor resultado do Brasil no ciclismo de estrada em Jogos Olímpicos, com o sétimo lugar na Rio 2016, e conquistar na semana passada o título do Tour de Ardeche, na França, neste domingo, 11 de setembro, Flavia encerrou sua participação no Giro da Toscana 2016, na Itália, com o vice-campeonato.

O Giro Internacional Feminino da Toscana 2016 foi disputado com o contrarrelógio de 2,2 km na sexta-feira (9) e duas etapas longas na sequência. Após o 21ª lugar na abertura, Flavia foi sexta colocada no sábado (10), com largada e chegada em Segromigno (133,6km). No dia seguinte, a brasileira finalizou a etapa final, com 96,3 km entre Luca e Capannori, no segundo lugar e junta com a campeã, a 52 segundos do pelotão de perseguidoras, garantindo assim o vice-campeonato.

shimano-fest-2016-criterium-ciclismo-de-estrada

“A terceira e última etapa foi aquela que tinha mais subidas e eu estava ciente de que a separação do pelotão seria no último prêmio de montanha, o maior de todos na prova. Eu e a líder abrimos vantagem do grupo e procuramos manter a diferença para o pelotão até o final do percurso”, relatou Flavia. “Estava um pouco cansada do Tour de Ardeche e não tive forças para vencer a etapa no sprint final, mas garanti o vice o que me deixou muito satisfeita”.

Flavia encerrou assim a temporada com importantes resultados. Se na Olimpíada e no Tour de Ardeche ela fez história, em julho a ciclista também conquistou grandes feitos, como o título de montanha do Tour de Feminin, na República Tcheca, e o vice-campeonato do Tour da Polônia em seguida. “Estou muito contente de terminar bem a temporada e com a sensação de que fiz um ano muito bom, com ótimos resultados. Que comece o período sem competições, para descansar um pouco e em seguida já planejar 2017”, concluiu Flavia, 40ª. colocada no ranking mundial de estrada, segundo atualização deste domingo (11).

A bicicleta usada por Flavia Oliveira, tanto nos Jogos Olímpicos quanto no Tour de Ardeche e no Giro da Toscana, foi a S-Works Amira, com os pneus mais rápidos do mundo, os S-Works Turbo, rodas Roval CLX 40, pedivela com potência S-Works e o selim S-Works Power. Flávia utiliza ainda as sapatilhas S-Works 6 e tem os capacetes S-Works, Prevail e Evade, a sua disposição.

COMPARTILHE

Comente