Ministro do Esporte confirmou em rede social que o Velódromo do Rio vai continuar

Ministro do Esporte confirmou em rede social que o Velódromo do Rio vai continuar

A questão com o legado Olímpico é que muita coisa que foi construída para os jogos da Rio 2016 não vai permanecer de pé, ou não vai ser usada para os mesmos fins que foi criado para as Olimpíadas.

As grandes dúvidas para nós ciclistas e amantes da bicicleta, é que a pista de mountain bike em Deodoro não será mantida, devido estar em uma área de treinamento militar. E a outra é o velódromo do ciclismo de pista, obra que foi investida uma fortuna e ultrapassou os limites e as barreiras de gastos, com muitos problemas e muitas falcatruas por trás desde sua construção e finalização.

Mas uma luz surgiu no fim do túnel, nesta terça-feira, 23 de agosto, o ministro do Esporte e deputado federal Leonardo Picciani fez uma declaração em sua fanpage oficial de que o velódromo vai ser mantido. “Pessoal… Algumas pessoas estão me procurando preocupadas c/ especulações quanto ao futuro do nosso velódromo, no Parque Olímpico da Barra (RJ), após as Olimpíadas. Quero esclarecer que ele será mantido e funcionará como velódromo!!! Não haverá outra destinação! De fato, todo o Parque Olímpico está em processo de concessão pela Prefeitura do Rio de Janeiro. No entanto, o velódromo, o centro de tênis e a Arena Carioca 2 permanecerão como equipamentos para treinamentos esportivos, projetos de inclusão social, iniciação ao esporte e competições esportivas.”

Veja abaixo a declaração do ministro:

Foto capa: Renato Sette Camara

COMPARTILHE

Comente