Trans-Siberian Extreme 2016 – Brasileiro pedala quase 10mil km em solo russo

Trans-Siberian Extreme 2016 – Brasileiro pedala quase 10mil km em solo russo

O brasileiro Marcelo Florentino Soares e mais nove ciclistas, finalizaram nessa quinta-feira, 28 de julho, a Red Bull Trans-Siberian Extreme 2016, considerada a prova mais difícil e mais maluca do mundo. A prova tem como percurso quase 10 mil km de pedaladas em solo russo, de Moscou a Vladivostok.

Marcelo Florentino, conhecido como “Mixirica” encarou o desafio e foi o primeiro brasileiro a fazer esse feito, e fez tudo por conta própria, sem patrocínio.
marcelo florentino na red bul trans-siberian extreme 2016-largada
Com 9.287 km de extensão, é considerada a prova mais longa no ciclismo, são 14 etapas em 24 dias. Enfrentando climas diferentes, fuso horários diferentes e acredite… 79 mil metros de acumulo de subidas!

Com etapas insanas, como por exemplo a etapa 12, com 1.372km de extensão de Chita a Svobodny.

Foto: Denis Klero/Red Bull Content Pool

Foto: Denis Klero/Red Bull Content Pool

Foto capa: Red Bull Trans-Siberian Extreme 2016/Divulgação Red Bull

COMPARTILHE

Comente