Suba 100 MTB 2016

Suba 100 MTB 2016

Sedutora e astuta, são características mitológicas das serpentes em diversas religiões, assim podemos comparar a Serra da Jiboia, que conectada às “miragens” dos Inselbergs formam um dos cenários mais exóticos da Bahia para receber o Suba 100 MTB na cidade de Santa Teresinha! Encantadora e sedutora, porém, dura e perversa para os challengers que se jogam no desafio de completar os 100km com mais de 2.700m de altimetria em no máximo 10 horas!

O Suba 100 MTB 2016 encheu os olhos de quem se permitiu ser desafiado e levou cada atleta ao seu limite. A lama? A chuva? Foram apenas ingredientes de um prato cheio que os mountain bikers adoram, vencer limites! Com atletas de diversos estados brasileiros, a segunda edição recebeu mais de 500 atletas e uma estrutura digna de grandes provas!
A prova é montada em dois estágios, no primeiro, os ciclistas se aventuram na Serra da Jiboia, subidas intermináveis e duras, que nesta edição ficaram ainda pior pela quantidade de lama gerada pelas chuvas na semana da prova. Porém, para quem chega ao topo, a recompensa de um visual lindo do recôncavo baiano em meio a mata atlântica é certa. Logo, entre os amadores o prêmio de Rei e Rainha da Serra da Jiboia patrocinado pela Smoove ficaram com Aelson do Santos e Paula Galan!
O segundo estágio é o reinado dos Inselbergs, são 64km pedalando entre as “ilhas terrestres” mais belas do mundo, um espetáculo que só existe em quatro países. Este estágio também recebe o Suba 50k, categoria promocional para quem quer se divertir com a magia dos Inselbergs sem sofrer a dureza da Serra da Jiboia.

Suba-100-MTB-2016

Batalha da Elite

As especulações sobre o título desta edição foram grandes, os atletas da Free Force estavam afiados e famintos por esta disputa. Alexandre Arthur, campeão da edição 2015 e Kennedi Lago abriram vantagem dos demais atletas logo nos primeiros quilômetros e seguiram numa disputa alucinante até a linha de chegada para decidir no Sprint final. Kennedi Lago levou a melhor e foi o grande Campeão do Suba 100 2016, o Challenge dos Inselbergs.

Para completar o pódio, a batalha ficou entre outros 5 atletas. Contudo, em 100km tudo pode acontecer. Emerson Brito conseguiu abrir e garantir a terceira colocação, Leandro Bispo manteve a constância e chegou em quarto e José Elenildo fechou o pódio em quinto.

Na Free Force Feminino, apenas duas mulheres completaram a prova, duas guerreiras dignas de aplausos, foram Marla Piovesan em primeiro e Vanessa Lessa em segundo.

Challenge

Cada atleta busca a superação de seus limites, busca viver a emoção de vencer a si mesmo diante dos obstáculos impostos pela natureza, e assim é o espírito do Suba 100, um Challenge, um grande desafio onde estimula-se a superação. São de histórias assim que o evento vive a emoção de ser um sucesso desde a primeira edição e consolidando já na sua segunda edição.

Fazer a contagem regressiva para encerrar a prova e ver um atleta sprintando para não ser cortado é de arrepiar, e assim aconteceu com um Challenger que cruzou a linha de chegada faltando apenas cinco segundos para o fechamento. São histórias e mais histórias de “vou continuar”, “ainda dá”, “vou forçar para não ser cortado”, “é duro, dói, mas vale a pena” que fazem do Suba 100 um dos Challenges mais emocionates do Brasil!

A prova contou com total apoio do Governo Estado da Bahia, SUDESB, Caixa Econômica Federal, Prefeitura de Santa Teresinha, Skol Ultra, Gatorade e Granola Tia Sônia.

Fotos: Fotos: Gustavo Abah e Hudson Malta/ texto por: Péricles Maia

COMPARTILHE

Comente