Motorista que decepou braço e matou ciclista é encontrado pela polícia

Motorista que decepou braço e matou ciclista é encontrado pela polícia

O motorista suspeito de atropelar e matar um ciclista na Rodovia dos Imigrantes afirmou em depoimento após ter sido preso na noite de quarta-feira, dia 6 de julho, que fugia de assaltantes no momento do acidente, informou o Bom Dia São Paulo desta quinta-feira, dia 7 de julho.

No domingo, dia 3, o vigia Dorgival Francisco de Souza foi atropelado na rodovia, na altura de Diadema, no ABC. Um dos braços da vítima foi decepado e encontrado a cerca de 2 km do local do acidente. O motorista fugiu sem prestar socorro.

“Dois motoqueiros encostaram em mim para levar meu carro. Então ouvi gritos de “perdeu, perdeu”. Saí correndo em disparada. Ali é escuro. Como você vai ver alguém de bicicleta em sua direção? Fiquei apavorado. Não sabia o que fazer”, disse.

A polícia recebeu pelo menos seis denúncias anônimas e coletou diversas imagens de câmeras de segurança para chegar ao motorista Sérgio Meliunas, de 45 anos, que estava foragido havia três dias. Outro fator que ajudou nas buscas foi a descoberta de peças do carro que caíram no chão no momento do acidente, possibilitando a identificação da marca do veículo.

Meliunas foi levado pela polícia ao 3º DP de Diadema às 21h de quarta para prestar depoimento e contou sua versão sobre a dinâmica do acidente durante duas horas. Ele disse que estava com amigos no carro, a caminho de um restaurante no Jabaquara, na Zona Sul de São Paulo.

O suspeito, que é motorista de ônibus e mora em São Bernardo do Campo, afirmou que só percebeu o braço amputado do ciclista preso ao carro quando parou o veículo.

“Quando colidimos com o ciclista, pensamos que tivessem jogado uma pedra. Paramos em uma avenida e vi o braço. Coloquei do lado, no chão, e troquei o pneu. Foi uma fatalidade. Infelizmente dei de cara com o rapaz”, afirmou Meliunas.

O motorista disse ainda que não procurou a polícia porque ficou apavorado. “Eu não sabia o que fazer e não tenho condições para contratar um advogado”, explicou.

Meliunas vai responder por homicídio doloso, omissão de socorro, fuga do local do acidente e ocultação de cadáver. A polícia deve abrir um inquérito para ouvir todas as testemunhas e envolvidos no caso. A investigação é realizada pelo 4º DP de Diadema.

Fonte: g1.globo.com

VEJA TAMBÉM

CICLISTA TOMA TOMBO INCRÍVEL E CAPACETE SALVA SUA VIDA

ciclista-toma-tombo-incrivel-e-capacete-salva-sua-vida

COMPARTILHE

Comente