Viviane Favery faz balanço de competições na Europa e projeta provas futuras

Viviane Favery faz balanço de competições na Europa e projeta provas futuras

A ciclista do MTB Viviane Favery está de volta ao Brasil. Depois de passar seis semanas na Europa, entre treinos com a equipe ROSE Vaujany fueled by ultraSPORTS e provas, ela faz um balanço do período e destaca a importância da viagem para o crescimento de sua carreira. Agora, se concentra na disputa do Campeonato Brasileiro de XCO, nos dias 16 e 17 deste mês, em Minas Gerais, e na manutenção do título nacional de Maratona.

“Estou voltando outra pessoa para o Brasil. Foram seis semanas, mas parece que foram seis meses. Cada vez que eu subo na bicicleta, já sinto os efeitos de tudo o que eu treinei e das provas. As questões da potência, resultado físico, aumento de massa muscular e também a questão de experiência de prova. A minha cabeça é outra. Eu vim para cá e nunca tinha feito copa do mundo de MTB XCO. Volto com duas, mais um Mundial de MTB na bagagem, além de um bom resultado no Mundial de Maratona de Mountain Bike, que eu não estava esperando. Volto muito mudada. Não só fisicamente, mas psicologicamente. Muito mais preparada para o que vem pela frente, com uma postura mais profissional e na forma como eu encaro o esporte”, analisa.

Vivi Favery pretende levar todo esse aprendizado para as próximas competições, especialmente o Campeonato Brasileiro de MTB XCO 2016, e colocar tudo isso em prática, para se aperfeiçoar cada vez mais nessa categoria e evoluir como atleta.

“Isso também reflete no cuidado com o equipamento, com a bike, com a alimentação, que eu sempre tive. Volto ainda mais focada. Agora, o que eu mais quero é poder evoluir no XCO, melhorar, e defender o meu título de campeã brasileira na Maratona. Para mim, isso é o mais importante no momento, é tudo o que quero. Todo esse trabalho que fiz na Europa pode refletir de uma maneira muito positiva com um bom resultado no Campeonato Brasileiro de MTB XCO 2016, e, se eu conseguir defender bem o título de campeã brasileira”, acrescenta a atleta.

Depois de disputar as duas competições, ela retornará à Europa, ainda sem data definida, para passar mais três semanas por lá neste ano.

“Para você evoluir no esporte, precisa estar aqui (na Europa)i. E eles (equipe) estão dispostos a investir nisso. O que fica muito claro, e já está alinhado com a equipe, é que eu volto (ao Brasil) para focar no Campeonato Brasileiro, mas a evolução mesmo está na Europa”, completa a ciclista.

COMPARTILHE

Comente