Hábitos que podem melhorar seu rendimento no Mountain Bike

Hábitos que podem melhorar seu rendimento no Mountain Bike

O pessoal da IGP- Sports juntamente com a atleta Lais Saes, divulgaram um texto bem bacana sobre alguns passos na vida de uma atleta, e como hábitos saudáveis podem melhorar seu rendimento no mountain bike. Veja abaixo:

Muito além dos pódios, viagens e medalhas, ser um ciclista ou atleta de mountain bike – amador ou profissional – exige disciplina, paixão e força de vontade até nos simples hábitos do dia a dia. O que o atleta precisa ter em mente é: “treinar, todo mundo treina. Onde eu posso buscar o meu diferencial?”. A resposta é simples: na sua rotina.

Nessa coluna, separei para vocês alguns passos da minha rotina e gostaria de compartilhar. São tópicos simples, mas acredito que pode ajudar muita gente a entender que quem é atleta, é atleta todos os dias.

1º passo: seja apaixonado por esporte

Um atleta precisa amar o que faz. Não necessariamente uma única modalidade. O esporte é algo incrível, mas para competir em alto nível, nós precisamos abrir mão de muita coisa. Daí vêm compromissos que você faz consigo mesmo, como a rotina de treinamentos com bike, academia, alimentação, etc. Tudo muito bem planejado pra chegar forte em qualquer competição, seja amador ou profissional.

2º passo: alimente-se bem

Um atleta precisa cuidar da sua alimentação. O que você come será o combustível do seu corpo nos treinamentos e provas oficiais. Contar com uma alimentação balanceada e baseada em frutas, legumes, massas em proporções adequadas, além de beber bastante água é fundamental para manter o corpo saudável no dia a dia. Ah! Uma outra coisa: fim de semana eu não sou tão regrada, mas evito doces…rs Eles podem acabar comigo.

3º passo: treinos específicos

Lembra como destaquei que era importante amar o que faz? Você vai entender aqui. Eu, por exemplo, treino com bicicleta 5 vezes por semana – terça, quarta, quinta, sábado e domingo, intercalando mountain bike e speed. Os três primeiros treinos da semana têm em média 2 horas de duração. No sábado e no domingo eles variam de 4 a 6 horas por dia.

4º passo: mudando a rotina

Ao praticar outras modalidades você sai um pouco da rotina dos treinos de bike. Isso é importante para trabalhar outros músculos e a cabeça acaba descansando também. Fora do ciclismo, vou à academia. A musculação me ajuda muito.

5º passo: descanso também é importante

Tudo em exagero faz mal e no esporte não é diferente! Na medida que o tempo passa, o atleta vai se conhecendo e sabendo quanto tempo seu corpo suporta. Se o atleta exagera, não descansar o corpo e a mente, isso lhe custará caro. Então, caso a pessoa tenha dúvida de que treinos realizar, aconselho a procurar um profissional para treinar de forma consciente.

É muito importante que todo atleta tenha hábitos saudáveis no dia a dia, pois ele precisa de energia para o esporte. Se ele não tiver essa energia, não terá um bom rendimento.

Quando o atleta está bem alimentado, com uma rotina de treinos programada e boa qualidade de vida, consequentemente, terá também bons resultados. Um atleta que leva a vida se excedendo no consumo de bebidas, cigarros e noitadas, dificilmente chegará a algum lugar, porque ele não terá energia e ânimo para as atividades físicas.

Texto base: Scott Brasil/ escrito pela atleta: Lais Saes / Foto capa: Ney Evangelista

COMPARTILHE

Comente