O atleta Geovanny Maurício da equipe Avaí de ciclismo foi atropelado durante treino e motorista fugiu

O atleta Geovanny Maurício da equipe Avaí de ciclismo foi atropelado durante treino e motorista fugiu

O ciclista Geovanny Mauricio, da equipe Avaí F.C./FME Florianópolis/APGF, foi atropelado no início da tarde desta terça-feira, 31 de maio, enquanto treinava na BR-282, uma das principais rotas de treino de atletas da região da Grande Florianópolis.

O incidente aconteceu já na parte final do treino, quando o atleta pedalava na BR-282 em direção a Florianópolis, e esta é uma das principais rotas de treinamento de atletas da região. Segundo informações, o atleta transitava no acostamento, no mesmo sentido do fluxo dos demais veículos, quando foi atingido de frente por um motorista que ia no sentido contrário e fez uma conversão sem aguardar a passagem do ciclista. O motorista fugiu sem prestar socorro, mas já foi localizado pela Polícia Rodoviária Federal.

O atleta foi encaminhado ao Hospital Regional, e liberado algumas horas depois. Felizmente ele teve apenas ferimentos de pouca gravidade e passa bem. A equipe Avaí F.C./FME Florianópolis/APGF deseja melhoras ao atleta e dará todo o apoio para sua recuperação.ciclista-Geovanny-Mauricio-da-equipe-Avai-foi-atropelado-e-motorista-fugiu_
Já a sua bicicleta não teve a mesma sorte e ficou destruída. A menos de um mês do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada, uma das principais competições do ano que acontecerá no final do mês em Joinville, a situação de Geovanny é complicada. Sem bicicleta e com fortes dores no corpo, o atleta corre o risco de não poder participar da prova.

COMPARTILHE

Comente