Atleta belga desiste de se defender no caso de motor encontrado na bike

Atleta belga desiste de se defender no caso de motor encontrado na bike

Mais um capítulo do caso do doping mecânico que aconteceu no campeonato mundial de Cyclo-Cross sub 23 em janeiro, e a protagonista foi a belga Femke Van den Driessche, flagrada com um motor escondido na sua bike.

Hoje a atleta em nota disse que vai desistir de se defender das acusações e vai abandonar o esporte para sempre. Sua audiência seria amanhã, dia 15 de março na Suíça, na Comissão Disciplinar da UCI.

Devido a uma conversa com minha família sobre o caso e meus advogados, não vou me apresentar na defesa em Aigle e também para mim o esporte não será mais minha prioridade, portanto vou abandonar o Cyclo-Cross.“disse Van den Driessche.

Atleta belga desiste de se defender no caso de motor encontrado na bike_

O presidente da UCI, Brian Cookson está firme em tomar uma decisão e punir de forma rígida, para que sirva de exemplo, e já concluiu que terá um banimento por completo do esporte e também uma multa inicial de 50 mil euros da conta de Van den Driessche.

COMPARTILHE

Comente