Atletas Shimano Sports Team buscam pontos UCI no norte da Argentina no fim de semana

Atletas Shimano Sports Team buscam pontos UCI no norte da Argentina no fim de semana

Os integrantes do Shimano Sports Team têm neste fim de semana mais um desafio do calendário internacional da UCI (União Ciclística Internacional). Raiza Goulão e Érick Bruske, ambos da Specialized Racing BR, equipe patrocinada pela Shimano, Zé Gabriel Marques (Audax/Shimano) e Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano), estão no norte da Argentina onde disputarão neste fim de semana o Abierto del Noa. A prova (classe 1) ofertará 60 pontos aos campeões das elites masculina e feminina.

A disputa em San Miguel de Tucumán contará com alto nível de ciclistas argentinos e chilenos. O percurso terá 6,2 km, com altitudes entre 1.063 a 1.177 metros. As largadas, tanto para elite masculina quanto para a feminina, serão realizadas às 11h do domingo (28), no horário de Brasília. Mais experiente entre os quatro atletas Shimano, Ricardo Pscheidt avalia suas possibilidades na prova. “Vou em busca da melhor colocação possível, para somar pontos para os rankings UCI. Fiz uma boa base de treinos neste ano e estou me sentindo bem fisicamente. Minha expectativa é estar no pódio entre os três primeiros”, conta o catarinense de São Bento do Sul.

Jose Gabriel Audax Atletas-Shimano-Sports-Team-buscam-pontos-UCI-no-norte-da-Argentina-no-fim-de-semana eRICK bRUSKE Atletas-Shimano-Sports-Team-buscam-pontos-UCI-no-norte-da-Argentina-no-fim-de-semana_Foto: Divulgação / Esporte na Foto

Companheiros de equipe, Raiza e Érick foram os primeiros a chegar em San Miguel de Tucumán, na quarta-feira (24), e já reconheceram o circuito. “Foi uma viagem bem longa, praticamente um dia inteiro viajando. Fizemos o reconhecimento, o Érick e eu, e a pista está legal. É um circuito bem técnico. Fiquei impressionada porque está muito bom. Conta com muitas subidas íngremes e será duro, pelas condições do traçado e pelas concorrentes. As argentinas Augustina Apaza e Noelia Rodriguez sempre estão bem e temos a expectativa de ter chilenas, pela proximidade entre os países”, avalia a goiana de Pirenópolis.

Raiza Goulao Atletas-Shimano-Sports-Team-buscam-pontos-UCI-no-norte-da-Argentina-no-fim-de-semana_2Foto: Divulgação / Esporte na Foto

Apesar de valer pontuação nos rankings mundial e olímpico, Raiza sabe que deve se cuidar para o próximo desafio, na semana seguinte, a Copa Internacional de MTB. “Vou procurar me poupar, porque o foco é estar 100% na CIMTB, em Araxá, prova que valerá 160 pontos aos campeões. Assim, tomar cuidado com o equipamento e não me machucar é o mais importante”, destaca a goiana. “Minha bike está equipada com o XTR Di2 de mudança de marchas eletrônica, o que está me ajudando muito, porque é um grupo de muita precisão. Está sendo bem legal essa nova experiência”, completa.

Disputa pelas vagas na Rio 2016 – Neste mês de fevereiro a CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) divulgou em seu site o critério de classificação para a Olimpíada do Rio de Janeiro na modalidade MTB. O Brasil terá direito a uma vaga no masculino e uma no feminino como país-sede do evento. Os convocados, de acordo com comunicado oficial da entidade, serão aqueles que mais pontuarem entre entre 25 de maio de 2014 a 24 de maio de 2016. Na última atualização, de 31 de dezembro de 2015, Henrique Avancini e Raiza Goulão aparecem na frente, com 1.331 e 1.403 pontos, respectivamente. Entre os homens, Rubinho Valeriano e Ricardo Pscheidt são os principais concorrentes, com 612 e 490 pontos. No feminino, Isabella Lacerda é a segunda, com 1.178, e Erika Gramiscelli a terceira, com 704.

Foto capa: Bruno Fernandes / noispedala.com.br

COMPARTILHE

Comente