Atletas do mundo todo presente na CIMTB Levorin 2016 em Araxá

Atletas do mundo todo presente na CIMTB Levorin 2016 em Araxá

Este será um ano histórico para a etapa que abre a Copa Internacional Levorin de Mountain Bike.

A competição que acontece entre os dias 4 e 6 de março em Araxá, irá reunir não apenas 15 nações, como também os melhores do mundo. Três grandes atletas dos Estados Unidos já marcaram a presença e estarão na disputa no Complexo do Barreiro. O país está em 14º lugar no ranking da União Ciclística Internacional (UCI) masculino, e no feminino a nação está em 4º lugar.

Uma das atletas que deixará a prova mais acirrada no interior mineiro será Mary McConneloug, e o marido dela, Michael Broderick. Com 44 anos, Mary tem no currículo dois Jogos Olímpicos. Em Atenas, em 2004, ela ficou entre as nove melhores atletas Olímpicas. Em Pequim, quatro anos depois, a mountain biker melhorou a marca e alcançou o 7º lugar. Mary agora luta para se qualificar para 3º Jogo Olímpico da vida dela.

O marido, Michael Broderick, com 42 anos, tem experiência de mais de 20 anos na modalidade Cross Country e já ficou entre os 11 melhores na Copa do Mundo em 2005, no México. Mary conta que os dois viajam juntos em busca de provas de mountain bike e que agora, além dos objetivos dele, Michael também a apoia na busca pela vaga Olímpica. “Eu tenho chances de disputar os Jogos Olímpicos novamente. Será difícil com tantas atletas talentosas dos Estados Unidos, mas é uma oportunidade fantástica”, afirmou.

Também com experiência no esporte, Todd Wells, de 40 anos, vai deixar a prova da Super Elite Masculina ainda mais dura. Dezenas de títulos nacionais nos Estados Unidos, Ouros em Pan-Americanos e três Olimpíadas na carreira, Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012, Todd diz que já conhece o Brasil e que a CIMTB Levorin é uma ótima oportunidade pra ele e o companheiro de equipe Russell Finsterwald. “Eu estava olhando os resultados do último ano e vi que tem corredores muito bons no evento. Tenho certeza que vai ser uma prova difícil, mas estou indo em busca de um bom resultado”, afirmou.

Russel, 24 anos, vai deixar o Short Track mais acirrado, já que foi ouro no Campeonato de Short Track dos Estados Unidos em 2015 e ficou entre os 9 melhores do Pan-Americano. “A CIMTB Levorin será o pontapé inicial para a minha temporada de 2016. Será uma difícil disputa. Estou indo em busca de intensidade e claro, conquistar pontos para a UCI, já que meu foco principal é a Copa do Mundo e quem sabe a qualificação para os Jogos Olímpicos no Rio”, finalizou.
Para o organizador Rogério Bernardes, contar com esses competidores faz com que o evento tenha disputas ainda mais emocionantes. “A presença dos americanos no evento é muito importante não só pela qualidade técnica que será ainda maior na prova. São ídolos mundiais, com grandes currículos e poderão ser vistos de perto pelo público em geral, amantes das bikes e atletas amadores e profissionais brasileiros. Araxá promete ter disputas emocionantes”.

COMPARTILHE

Comente