Copa do Mundo de Pista na China tem brasileiro entre os top 10

Copa do Mundo de Pista na China tem brasileiro entre os top 10

O sábado (16) foi bastante positivo para a seleção brasileira de pista, que está em Hong Kong disputando a última etapa da Copa do Mundo da modalidade. O ciclista Gideoni Monteiro fechou o segundo dia de competições como o grande destaque do grupo. Diante de grandes nomes do ciclismo de pista, como o britânico Mark Cavendish, campeão mundial de pista e estrada, entre outras estrelas e medalhistas olímpicos, o brasileiro mostrou seu talento e apresentou uma grande performance, encerrando a primeira fase da Omninum no Top-10, com 62 pontos.

A Omnium é uma das provas mais complexas do programa de pista, com seis corridas em dois dias de competições. Na scratch, Gideoni encarou uma disputa muito acirrada e terminou em 14º lugar. Na perseguição individual, uma de suas especialidades, o brasileiro mostrou sua competitividade e acabou na 8ª colocação. Na eliminação, terminou na 10ª posição. O líder provisório é o casaquistanês Artyom Zakharov, com 112 pontos. Neste domingo (17), Gideoni encara as provas 1km Time Trial, Flying Lap e Prova por Pontos.

“O nível da prova está fortíssimo, mas o Gideoni não se deixou intimidar, está partindo pra cima e os resultados estão aparecendo. Competir ao lado de multicampeões acaba fazendo com que o atleta se motive e vá além dos limites. Isso é muito bom para a sua evolução e esperamos que ele consiga manter a regularidade, que é fundamental nessa prova, que é um verdadeiro teste de resistência”, comentou Emerson Silva, técnico da seleção brasileira de pista.

Ainda no velódromo de Hong Kong, Flavio Cipriano representou o Brasil no Keirin, mas acabou relegado. O atleta também volta a competir nesse domingo, na prova de velocidade individual.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO – Foto: CBC/Divulgação

COMPARTILHE

Comente