Copa América de Downhill/4X dominada por brasileiros

Copa América de Downhill/4X dominada por brasileiros

O Brasil garantiu o topo do pódio na Copa América de Downhill/4X, competição de descida de montanha que abriu o calendário nacional de ciclismo em 2016. Na manhã chuvosa do último domingo, na pista montada no Ski Mountain Park, em São Roque, São Paulo, os pilotos brasileiros levaram a melhor no masculino e feminino. O mineiro Thiago Boaretto superou os estrangeiros e recuperou o título para o país ao vencer a bateria final, marcando o tempo de 1m16s para a descida de cerca de 700 metros. Já a paranaense Julia Alves, a Julinha, garantiu o tricampeonato da competição no feminino, com o tempo de 1m33s.

Como se já não bastassem as dificuldades da pista do Ski Mountain Park, com 14 obstáculos e 13 curvas, a chuva resolveu marcar sua presença, deixando o trajeto escorregadio e tenso, e exigiu ainda mais técnica e concentração dos cerca de 130 pilotos participantes. As baterias, por sua vez, ganharam ainda mais dificuldade, proporcionando muitas surpresas.

Copa America de Downhill:4X dominada por brasileiros

Chegada no masculino | Léo Shibuya/MBraga
No masculino, alguns dos pré-classificados acabaram deixando a competição mais cedo, como foi o caso do chileno Enrique Genova, vencedor do ano passado, e o brasileiro Lucas de Borba, campeão em 2013, ambos nas quartas-de-final, e o brasileiro Markolf Berchtold, vice em 2015, já nas semifinais, entre outros atletas experientes.

Na bateria final, o favoritismo estava com o equatoriano Mario Jarrin e o brasileiro Anderson Filho, que logo depois da largada iniciaram um duelo à parte pela liderança. Ambos, entretanto, enroscaram-se e acabaram caindo, dando a chance para Thiago Boaretto, assumir a liderança e garantir seu primeiro título na Copa América Down Hill, com o também brasileiro Silvio Felix Junior ficando com o segundo lugar na competição.

– A sorte esteve comigo. Meu objetivo sempre foi chegar à final, mas jamais pensei em vencer. A experiência e a malandragem fizeram a diferença, pois deixei eles brigarem na ponta e contava com algum erro. Nas condições que enfrentamos, com muita lama e chuva, vale mais a técnica. Foi um dia abençoado -, destacou o piloto de 27 anos, natural de Nova Lima, em Minas Gerais, que disputa provas de enduro.

– É tri, é tri. Assim a paranaense Julia Alves dos Santos, abraçada ao pai, comemorou mais uma vitória em São Roque. Aos 19 anos, a pequenina piloto, atleta da seleção brasileira, subiu ao degrau mais alto do pódio pela terceira vez consecutiva mesmo sem ser especialista na modalidade. – Minha meta é conseguir uma vaga na equipe olímpica de BMX. Vou utilizar este prêmio para buscar esse sonho -, disse a tricampeã do evento.

Resultados 2016

Masculino

1) Thiago Boaretto (BRA), 1min16seg635
2) Silvio Felix Junior (BRA), 1min16seg924
3) Mario Jarrin (EQU), 1in18seg824
4) Anderson Ezequiel de Souza Filho (BRA), 1min26seg997

Feminino

1) Júlia Santos (BRA), 1min33seg745
2) Thaynara Chaves (BRA), 1min38seg454
3) Barbara Jechow (BRA), 1min40seg291
4) Luana Oliveira (BRA), 1min05seg794

Campeões

2002 – Robson “Urubu” Santos (BRA)
2003 – Robson “Urubu ” Santos (BRA)
2003 – Robson “Urubu” Santos (BRA)
2005 – Sebastián Vasquez (CHI)
2006 – Doron Cattoni (BRA)
2014 – Lucas de Borba (BRA) e Julia Santos (BRA)
2015 – Enrique Genova (CHI) e Júlia Santos (BRA)
2016 – Thiago Boaretto (BRA) e Júlia Santos (BRA)

Texto por Márcio de Miranda – Foto de capa:  Ronaldo Milagres/MBraga Comunicação

COMPARTILHE

Comente