Vuelta a España 2016 será a mais dura de todos os tempos para os ciclistas

Vuelta a España 2016 será a mais dura de todos os tempos para os ciclistas

A Vuelta a España é uma das principais competições do ciclismo de estrada do mundo, tem data marcada para o ano de 2016, para começar dia 20 de agosto e com final para dia 11 de setembro, e com certeza esse será uma das mais difíceis de todos os tempos, com um total de 10 chegadas em subidas, com uma a mais que no ano passado (2015). Uma das chegadas será logo no início da competição, onde os atletas terão de subir o Mirador de Ézaro no norte da Galícia.

A região da Galícia receberá a primeira semana da Vuelta a España, sem condições planas, ou seja, só parede para escalar! A competição terá como inicio um contra-relógio de 29km realizados por equipes e onde os meninos se separam dos homens com boas diferenças  de tempo na classificação geral.

Uma das piores subidas e considerada a mais dura da edição de 2016 será escalada na segunda semana, no alto da décima etapa, chamado de topo dos Lagos. Já que vai ter subida, na etapa 12 os atletas terão de subir duas vezes o Alto del Vivero, e na etapa 13, a mais longa com 212 km e uma cacetada de 7 subidas ao longo do percurso, terminando na subida do Navarran, em Urdax.

Depois serão mais seis dias consecutivos de chegadas em subida, a etapa 14 será de 120km e marca o último dia nos Pirineus, na etapa 17 os atletas enfrentarão a curta e difícil subida para o Mas de la Costa. Etapa 19 com um contra-relógio individual da Vuelta com aproximadamente 40km de extensão.

A décima chegada e a última escalando, será o Alto de Aitana, uma “subidinha” com 22,3km de extensão.

Confira abaixo o vídeo oficial da prova e a programação:

Vuelta a España 2016 – Etapa

-20 de Agosto: Etapa 1: Balneario Laias – Castrelo de Miño (Ourense), 29.4 kms (TTT)
-21 de Agosto: Etapa 2: Ourense – Baiona, 159 kms, montanhoso.
-22 de Agosto: Etapa 3: Marín (Pontevedra) – Mirador Ézaro, 170 kms. montanhoso, chegada ao alto 1.
-23 de Agosto: Etapa 4: Betanzos – San André de Teixidó, 161 kms. montanhoso, chegada ao alto 2.
-24 de Agosto: Etapa 5: Viveiro – Lugo, 170 kms.
-25 de Agosto: Etapa 6: Monforte de Lemos – Luintra, 163 kms.
-26 de Agosto: Etapa 7: Maceda – Puebla de Sanabria, 158.3 kms.
-27 de Agosto: Etapa 8: Villalpando (Zamora) – La Camperona, 177 kms. montanhoso, chegada ao alto 3.
-28 de Agosto: Etapa 9: Cistierna – Alto de Naranco, 165kms. chegada ao alto 4.
-29 de Agosto: Etapa 10: Lugones – Lagos de Covadonga, 186.6kms. montanhoso, chegada ao alto 5.
-30 de Agosto: Dia de descanso 1.
-31 de Agosto: Etapa 11: Colunga – Peña Cabarga, 168.6kms. chegada ao alto 6.
-1 de Setembro: Etapa 12: Los Corrales de Buelna – Bilbao, 193.2kms.
-2 de Setembro: Etapa 13: Bilbao – Urdax, 212.8kms. Hilly.
-3 de Setembro: Etapa 14: Urdax – Aubisque, 195.6kms. montanhoso, chegada ao alto 7
-4 de Setembro: Etapa 15: Sabiñanigo – Formigal, 120kms. montanhoso, chegada ao alto 8.
-5 de Setembro: Etapa 16: Alcañiz – Peníscola, 158kms.
-6 de Setembro: Dia de descanso 2.
-7de Setembro: Etapa 17: Castellón – Mas de la Costa, 173.3kms. montanhoso, chegada ao alto 9.
-8 de Setembro: Etapa 18: Requena – Gandía, 191kms.
-9 de Setembro: Etapa 19: Xàbia – Calpe, 39kms (ITT).
-10 de Setembro: Etapa 20: Benidorm – Alto de Aitana, 184.5kms. montanhoso, chegada ao alto 10.
-11 de Setembro: Etapa21: Las Rozas – Madrid, 102.5kms.

COMPARTILHE

Comente