André Bretas no Montenbaik Enduro Latam Series 2015

André Bretas no Montenbaik Enduro Latam Series 2015

Atleta Specialized, Bretas chega a Valdivia, local da competição entre sexta-feira (27) e domingo (29), como atleta número 1 do país após vencer o Campeonato Brasileiro em Nova Lima (MG), em agosto, e o Brasil Enduro Series, no início de novembro.

Apesar de estar na vice-liderança do ranking da competição internacional, após as disputas em Bariloche, na Argentina, e em Urubici (SC), Bretas prefere destacar a oportunidade de ganhar experiência internacional no Enduro MTB como principal objetivo. “Essa prova não estava prevista no meu calendário em 2015. Surgiu de última hora e resolvi agarrar essa chance para ganhar experiência internacional”, avalia o atleta de Governador Valadares (MG). “Havia até entrado em um período de descanso para em seguida me preparar para a temporada 2016”, completa.

André Bretas no Montenbaik Enduro Latam Series 2015
Por não conhecer o local da competição e nem o nível técnico da maioria de seus rivais chilenos, André Bretas prefere não prever resultados. “Nenhum competidor vai apenas para participar. Por mais que não esteja no alto nível do meu preparo físico, vou em busca do melhor resultado possível, mesmo sabendo que não estou no meu melhor momento para competir”, destaca o ciclista, que enaltece a oportunidade de representar o Brasil no exterior.

“Esta será minha primeira prova de Enduro MTB fora do Brasil, então rola um frio na barriga. Tem um gosto especial representar nosso País, uma grande responsabilidade, principalmente, por eu ser o campeão brasileiro e do BES. Esses títulos pesam, mas não estou indo com foco em resultado, uma vez que que iniciei meus trabalhos pensando na próxima temporada”, conta.

Apoio dá confiança – Outra vez, o mineiro terá ao seu lado a S-Works Enduro, companheira de muitas viagens em 2015. “O apoio da Specialized me dá muita confiança. Minha S-Works Enduro facilita a vida no dia a dia de prova, porque as pistas tem diversos tipos de dificuldades e obstáculos e a bike se adapta sempre muito bem. Algo que me passa confiança para pedalar em trechos técnicos com a velocidade mais alta possível”, afirma Bretas, que conta também com patrocínios de Skull Racing e Bike Trilha. “Sem essas três empresas nada do que estou vivendo nesse ano inesquecível seria possível”, complementa.

Além de fazer sua estreia em provas fora do Brasil, Andre Bretas encara o desafio como uma boa chance de conhecer Valdivia e as demais localidades próximas da região, na fronteira entre Chile e Argentina. Assim, já começa o planejamento para dois de seus maiores desafios no ano de 2016, as etapas chilena e argentina do Enduro World Series (EWS), principal competição do mundo na modalidade, em março e abril, respectivamente. Irlanda, Estados Unidos, Canadá, França e Itália (duas provas) recebem as demais fases da EWS na próxima temporada.

Fotos: Ximiti / Divulgação

COMPARTILHE

Comente