Prêmio Brasil Olímpico 2015

Prêmio Brasil Olímpico 2015

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) anunciou nesta terça-feira (24) os vencedores do Prêmio Brasil Olímpico 2015, considerado o “Oscar” do esporte nacional, apresentando os melhores atletas em 49 modalidades. O ciclismo também conheceu os campeões da temporada nas quatro disciplinas olímpicas. Henrique Avancini, atleta do MTB, e Renato Rezende, piloto de BMX, repetiram o bom desempenho de 2014 e faturaram mais uma vez em suas disciplinas. Flavia Paparela foi a ganhadora pelo Ciclismo de Estrada enquanto Kacio Freitas levou o troféu do Ciclismo de Pista

Renato Rezende é atualmente o melhor brasileiro no ranking mundial de BMX, figurando na 10ª posição, e pode celebrar uma série de resultados expressivos nesta temporada, como o bronze no Desafio Internacional de BMX – Aquece Rio, a prata no Campeonato Continental no Chile e o sexto lugar na etapa de Papendal da Copa do Mundo.

Renato Rezende Prêmio Brasil Olímpico 2015

Henrique Avancini, que fez sua estreia na temporada como piloto da equipe profissional Cannondale Factory Racing, mostrou que estava em ótima forma e foi destaque no Mountain Bike. Entre as conquistas mais importantes do ano estão os títulos de campeão brasileiro, pan-americano (Chile), além da 15ª colocação no ranking mundial e também a 26ª posição no campeonato mundial da modalidade.

Henrique Avancini Prêmio Brasil Olímpico 2015

Na Estrada, Flavia Paparella foi a grande surpresa e destaque da temporada, alcançando ótimas posições em algumas da principais voltas da Europa e do continente americano, o que fez brasileira se classificar como a brasileira mais bem colocada no ranking mundial (60ª posição). A ciclista também ficou com o título da classificação de montanha no Giro d’Itália, levou o vice-campeonato na 2ª Vuelta Ciclista Femenina da Costa Rica, e também conquistou a 7ª colocação geral no Giro d’Italia e a 6ª posição no Tour of Califórnia.

flavia-oliveira Prêmio Brasil Olímpico 2015

Kacio Fonseca ajudou a seleção brasileira de Ciclismo de Pista a quebrar o jejum de 30 anos e conquistou junto com Flávio Cipriano e Hugo Osteti, a medalha de bronze na prova de velocidade por equipes nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Além disso, o atleta pode constatar sua evolução com triunfos como os títulos de campeão brasileiro no keirin e de velocidade individual, o bronze no keirin no Panamericano de Pista no Chile e a 5a colocação na prova de velocidade Giorni Delle Rose em Fiorenzuola 2015.

Kacio Fonseca Prêmio Brasil Olímpico 2015

“Estamos muito felizes pois os atletas estão realmente se superando em todas as disciplinas, quebrando recordes e brigando de igual para igual com os melhores ciclistas do mundo. Isso mostra que todo planejamento está dando certo. Os intercâmbios realizados no exterior, viabilizados pelo patrocínio da Caixa Econômica Federal, contribuíram e muito para que os atletas estivessem mais competitivos e com isso certamente eles chegam muito bem preparados para buscar a tão sonhada vaga dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. O Comitê Olímpico Brasileiro, através do Prêmio Brasil Olímpico mais uma vez marca o encerramento da temporada com esse reconhecimento que é fundamental para o esporte brasileiro. É uma homenagem que serve de motivação e incentivo para os atletas que foram destaque na temporada”, comentou o presidente José Luiz Vasconcellos. 

Entre os 49 atletas vencedores do Prêmio Brasil Olímpico, sete esportistas concorrem ao troféu de Melhor Atleta do Ano: Ágatha e Bárbara (vôlei de praia), Ana Marcela Cunha (maratona aquática) e Fabiana Murer (atletismo), no feminino; e Alison e Bruno (vôlei de praia), Isaquias Queiroz (canoagem) e Marcelo Melo (tênis), no masculino. Os ganhadores serão anunciados durante a cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico, no Teatro Bradesco, no Rio de Janeiro, no dia 15 de dezembro.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO

COMPARTILHE

Comente