Copa Internacional de Mountain Bike

Copa Internacional de Mountain Bike

 

Ranking olímpico – A etapa de São João del-Rei da CIMTB também foi importante para as pretensões olímpicas do Brasil. Atualmente, o país está na 12ª colocação do ranking masculino de Cross Country da UCI , posição que garante dois brasileiros nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No ranking feminino, o país aparece em 10º, posto que classifica uma brasileira para o Rio 2016. O País precisa ficar ao menos em oitavo para garantir duas ciclistas nos Jogos.

Nas duas edições anteriores, os brasileiros foram soberanos na Super Elite Masculina: títulos de Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) em 2013 e Henrique Avancini (Cannondale) em 2014.

A segunda etapa da CIMTB, foi disputada de sexta a domingo (15 a 17), em São João del-Rei, com ciclistas de oito países. Cerca de 900 atletas entre eles da Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Suíca, Venezuela e Brasil. Entre os brasileiros, representantes de 13 estados e do Distrito Federal. A Super Elite, masculina e feminina, disputará pontos para os rankings mundial e olímpico, enquanto a categoria Junior faz parte do circuito mundial da UCI.

"A CIMTB comemorou 20 anos de realização ininterrupta e hoje tem o respeito tanto da União Ciclística Internacional (UCI), que a credencia como uma das mais importantes do mundo, como dos ciclistas de vários países, que sempre nos prestigiam. A presença de bikers estrangeiros na Super Elite e na Junior confirmam esta importância." Rogério Bernardes, organizador do evento.

Estrangeiros foram superiores na segunda etapa da CIMTB de São João del-Rei, na super elite masculina o colombiano Fabio Castañeda conquistou o título e na super elite feminina a argentina Agustina Apaza subiu no lugar mais alto do pódio. No masculino, o colombiano dominou a prova de ponta a ponta, não dando chance para os brasileiros, chegando 58seg. Na frente do segundo colocado Rubens Donizete, em seguida o jovem Guilherme Müller fez bonito, chegando na terceira colocação, a frente do então líder Henrique Avancini.

No feminino a disputa entre Raiza Goulão e Isabella Lacerda foi intensa nas 3 primeiras voltas, depois a argentina Augustina Apaza encostou e foi só esperar o momento certo para lançar um ataque e deixar as brasileiras. A argentina fez o tempo de 1h26min55, Raiza  conquistou a segunda colocação e Isabella veio em seguida.

Na Junior series os colombianos dominaram, onde Egan Bernal, vice-campeão mundial em 2014, dominou a prova de ponta a ponta, em segundo colocado, o também colombiano Wilson Molano, seu companheiro de equipe. Gonzalo Lokman, da Argentina, foi o terceiro, seguido pelo catarinense Érick Bruske.

 

Super elite – masculino (6 voltas)
1.- Fábio Castañeda Monsalve (Colômbia) – 1h26min45
2.- Rubens Donizete (AOO Specialized) – a 58seg
3.- Guilherme Muller (LM/Shimano) – a 1min07
4.- Henrique Avancini (Cannondale) – a 1min14
5.- Lukas Kaufmann (Cannondale) – a 1min18
6.- Daniel Grossi (Groove/Shimano) – a 1min23
7.- Marcelo Cândido (LM/Shimano) – a 2min55
8.- Luiz Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano) – a 2min57
9.- Ricardo Pscheidt (Trek) – a 3min18
10.- Andrey Fonseca (Costa Rica) – a 4min11

Super elite – feminino (5 voltas)
1.- Agustina Apaza (Argentina) – 1h26min55
2.- Raiza Goulão (AOO Specialized) – a 34seg
3.- Isabela Lacerda (LM/Shimano) – a 1min45
4.- Adriana Rojas (Costa Rica) – a 2min12
5.- Alexandra Serrano (Equador) – a 4min23
6.- Xiomara Cuervo (Colômbia/Specialized) – a 5min48
7.- Erika Gramiscelli (Funvic/Soul) – a 7min04
8.- Fernanda Castro (Chile) – a 8min53
9.- Evelyn Jaramillo (Chile) – a 9min11
10.- Michela Arizaga (Equador) – a 9min25

Sub 23 – masculino (6 voltas)
1.- Guilherme Muller (LM/Shimano) – 1h27min53
2.- Luiz Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano) – a 1min50
3.- Andrey Fonseca (Costa Rica) – a 3min04
4.- Brandon Rivera (Colômbia/Specialized) – a 3min11
5.- Luis Camacho (Costa Rica) – a 4min22

Sub 23 – feminino (5 voltas)
1.- Xiomara Cuervo (Colômbia) – 1h32min22
2.- Fernanda Castro (Chile) – a 3min07
3.- Michela Arizada (Equador) – a 3min39
4.- Maria Paula Rodarte – a 13min34
5.- Tatielle Valadares de Souza – a 1 volta

Junior masculino (4 voltas)
1.- Egan Bernal Gómez (Colômbia/Specialized) – 1h01min17
2.- Wilson Pena Molano (Colômbia/Specialized) – a 26 seg
3.- Gonzalo Lokman (Argentina) – a 1min10
4.- Erick Bruske (AOO Specialized) – a 1min23
5.- Santiago Pietralunga (Colômbia) – a 2min06

COMPARTILHE

Comente